quinta-feira, 30 de julho de 2009

Torcida Rubro-Negro doa sangue

Com apoio do Ministério da Saúde, campanha mobiliza torcedores em todo o Brasil entre os dias 15 e 21 de agosto.
Começa no dia 15 de agosto, em São Paulo, a Campanha Nacional de Sangue Rubro-Negro. O objetivo é incentivar torcedores do clube a colaborar com os bancos dos hemocentros em todo o país. A iniciativa, que tem apoio do Ministério da Saúde, é resultado de uma ação do Departamento de Marketing com a parceria das Embaixadas da Nação, um projeto do Departamento de Planejamento que organiza representações oficiais do clube em diversos pontos do país e do mundo.
A nova campanha ganhou corpo com a união entre duas ações similares já existentes. Em períodos distintos, o Departamento de Marketing do clube estimulava a doação no hemocentro do Rio de Janeiro, enquanto as Embaixadas promoviam o mesmo em alguns estados brasileiros.
O período de doação vai de 15 a 21 de agosto. “Queremos estimular os torcedores rubro-negros a realizar doações de sangue em um mesmo período. Os períodos escolhidos foram dos meses de fevereiro e de agosto, meses mais críticos nos hemocentros de todo Brasil”, explica Ricardo Hinrichsen, diretor executivo de Marketing do Flamengo.
A embaixada FlaSampa lança a campanha, estimulando que as doações na cidade de São Paulo se concentrem logo no primeiro dia da campanha, dia 15, um sábado. O encerramento será no dia 21 de agosto, no Rio de Janeiro, com participação das torcidas organizadas do Flamengo. Nos outros estados, o dia será escolhido através dos Hemocentros e, em alguns casos, com o apoio das Embaixadas da Nação locais. “As Embaixadas que tenham interesse em participar do projeto devem entrar em contato com o clube, para encorpar o projeto”, explica Rodrigo Fortuna, diretor da FlaSampa.
Os Hemocentros de vários estados já confirmaram participação. Os endereços para doação de sangue estão no hotsite http://mkt.flamengo.com.br/hotsite/sanguerubronegro/. O hotsite reúne informações importantes como quem pode doar e como doar, além de uma área de interação: os doadores podem enviar fotos, vídeos e participar por meio de comunidades no Orkut e no Twitter da campanha.
Mais informações
Paula PortinhoComunicação e MarcaFlaMarketingpaulaportinho@flamengo.com.br (21) 2159-0243 ou (21) 2159-0259. http://mkt.flamengo.com.br/hotsite/sanguerubronegro/

Banco de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário

O Hemopa é o único representante da região Norte a fazer parte da Rede BRASIL CORD, com a implantação do Banco de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário (BSCUP), em parceria com a Fundação do Câncer e financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O BSCUP do Hemopa terá tanque com capacidade de armazenamento para 3.600 amostras de sangue de cordão umbilical. Inicialmente o hemocentro atuará em duas maternidades para armazenar 960 coletas.A ampliação da BRASIL CORD permitirá a coleta capaz de representar 100% da diversidade étnica brasileira e atender a demanda de doadores para facilitar a realização de transplantes de medula óssea.

Matriz de Risco

Nos dias 5 e 6 de agosto, de 8h às 12h, a Diretoria Técnica (DITEC) estará realizado Oficina sobre “Matriz de Risco”, no auditório do Hemopa.

Hemoglobinopatias em debate

No dia 19/08, a Coordenação de Atendimento Ambulatorial (COAMB) estará realizando I Seminário de Hemoglobinopatias, que será aberto às 9h, pela presidente do Hemopa, dra Fátima Pombo Montoril. Lo go em seguida, será realizada mesa redonda com o tema “ Panorama atual da atenção integral aos portadores de Doenças Falciforme no Pará”, que terá a mediação da médica Euzamar Gaby Rocha para debate dos seguintes assuntos: “Atendimento na Atenção Básica”, ministrado pela dra. Ana Guzzo, da Secretaria de Estado de saúde Pública (SESPA); “Atendimento na Média Complexidade”, pela dra. Saíde Trindade, da Fundação Hemopa; e “Atendimento de Emergência/Alta Complexidade”, proferida pela dra. Iê Bentes, coordenadora de Atendimento Ambulatorial da Fundação.
Às 10h40, as atividades serão retomadas com palestra sobre “Panorama atual da Política Nacional de Atenção Integral às pessoas com Doenças Falciforme e outras Hemoglobinopatias”, ministrada pela dra. Joice de Jesus, da Coordenação do Programa Nacional de Sangue e Hemoderivados (CPNSH), tendo como moderador do debate, a diretora Técnica do Hemocentro, dra. Alessandra Bentes. De 11h às 11h20, será abordado “ Experiência da atuação das Associações de pacientes de hemoglobinopatias”, pela representante da FENAFAL, e a moderação ficará por conta da médica Ana Luiza Mendes, da Coordenação de Apoio Técnico (CATEC). As atividades serão encerradas às 11h30.

Responsabilidade social

Mais de 30 crianças carentes das comunidades do Pantanal e Paraíso, devem participara do II Passeio de Férias, no dia 30/07, em parceria com o Grêmio Literário e Recreativo Português e da empresa Transcururmin. A atividade faz parte do compromisso com a responsabilidade social da instituição, que a cada 15 dias promove esses passeios para maior integração e desenvolvimento grupal dessas crianças.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Responsabilidade social

Mais de 30 crianças carentes das comunidades do Pantanal e Paraíso, devem participara do II Passeio de Férias, no dia 30/07, em parceria com o Grêmio Literário e Recreativo Português e da empresa Transcururmin. A atividade faz parte do compromisso com a responsabilidade social da instituição, que a cada 15 dias promove esses passeios para maior integração e desenvolvimento grupal dessas crianças

Coral tem nova composição

Cerca de 12 servidores da Fundação Hemopa fazem parte da nova composição do Coral de Vozes que iniciou suas atividades em junho, regido pela professora de música Thaina Souza. Todas as quintas-feiras, de 12h às 14h, , os participante passam por dinâmicas de integração e descontração, teste de voz, exercícios vocais, corporais e respiratórios, além de distribuição de textos com orientações e letras de músicas.
As inscrições ainda podem ser feitas no Serviço de Atendimento à Saúde do Servidor (SASS), de segunda a sexta-feira, de 8h às 14h.

Viva a Vida

No dia 02/07, o SASS promoveu mais um módulo do Programa de Preparação para a Aposentadoria, que abordando o “Perfil Multidimencional” dos participantes, focando as ações para as atividades física e alimentar. Ação faz parte do Projeto Viva a Vida. O próximo módulo está previsto para setembro com realização de passeio para vivência de práticas saudáveis.

Justiça Solidária

O Hemopa participará da VI edição do Projeto “Justiça Solidária”, promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT 8ª), no dia 22 de agosto, das 9h às 15h, na Praça Brasil-Umarizal. O hemocentro estará com sua unidade móvel de coleta de sangue e para cadastramento de doadores de medula óssea

Inscrições para o HEMO HEMO 2009

Estão abertas as inscrições para o 32º Congresso da Sociedade Brasileira de Hematalogia e Hemoterapia – HEMO 2009-, que será realizado de 11 a 14 de novembro, em Florianópolis. Inscrições: www.hemo2009.org.br. As pré-inscrições serão encerradas no dia 5/10, após essa data, somente no dia e local do evento. Os trabalhos científicos deverão ser inscritos pelo site oficial: http://wwww.hemo2009.org.br/index.htlm

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Hemopa faz aniversário e quem ganha é a população

O Governo do Estado, por meio da Fundação Hemopa, está elaborando programação comemorativa aos 31 anos da instituição, pelo Dia Estadual da Doação Voluntária de Sangue e ao Dia dos Pais, que serão festejados dia 02 de agosto. O evento contará com desenvolvimento de campanha de doação de sangue e cadastramento de doadores de medula óssea, ao longo daquele mês, sendo que nos dias 7 e 8, haverá distribuição de camisetas aos pais doadores. A ação tem a finalidade de estimular a população potencialmente doadora, e em especial, o funcionalismo público, através da realização da II Gincana Solidária da Doação. A meta será de 300 coletas/dia.
Segundo a gerente de Captação de Doadores do Hemopa, a assistente social Juciara Farias, a intenção é captar e fidelizar eventuais novos doadores, comentou ressaltando ainda a necessidade de aproveitar a oportunidade para atualizar dados de doadores de sangue do tipo Negativo, mais conhecidos como doadores raros.
Nesta mesma época, ano passado, o Hemopa promoveu I Gincana Solidária da Doação de Sangue que contou com a participação de 22 órgãos públicos. O evento premiou o Detran que ficou em primeiro lugar, seguido do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (IASEP), e a Secretária de Estado de Pesca, em terceiro. Os dirigentes desses órgãos receberam troféu do 30º aniversário do Hemocentro. Este ano, o hemocentro renovará o convite aos órgãos do Estado para que a maioria possa aderir ao movimento em favor da vida, da doação voluntária de sangue e de cadastramento de doadores de medula óssea.
A programação terá início no dia 3, com comemoração alusiva ao aniversário do hemocentro e ao Dia Estadual da Doação de Sangue, que foi sancionado ano passado pela governadora Ana Júlia Carepa, cujo projeto de lei é de autoria da deputada Simone Morgado. O hemocentro aproveitará a oportunidade do Dia dos Pais para sensibilizar e atrair atenção de pais doadores de sangue. “Não podíamos deixar de homenagear os pais com camiseta alusiva a data, além de lanche especial e música ambiente”, enfatizou a assistente social.
Para a presidente do Hemopa, dra. Fátima Pombo Montoril, além da expansão da hemorrede, que agora conta com 42 unidades, o Governo do Estado tem muito a comemorar com os 31 anos do hemocentro, especialmente pelo início das obras do primeiro Banco de Sangue de Cordão Umbilical da região Norte que será inaugurado em 2010. “Esse é o primeiro e fundamental passo para a implantação do primeiro Centro de Transplantes no Estado e da nossa região. O Hemopa faz aniversário e quem ganha é a população”, comemora a médica, destacando ainda o referenciamento do hemocentro no gerenciamento de resíduos hospitalares, despontando como gestor desse setor no Norte do Brasil, segundo pesquisa da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Públicas e Resíduos Especiais (Abrelpe).
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses.
Para cadastro de medula é muito fácil: basta ter vontade, idade entre 18 e 55 anos, estar bem de saúde. O candidato tira suas dúvidas sobre procedimento, faz o cadastro, coleta uma pequena quantidade de sangue (5ml), que será tipado por exame de histocompatibilidade (HLA), cujos resultados são enviados para o Redome, que fica no Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Rio de Janeiro.

O Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109.Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 08002808118 ou pelo blog do Hemopa: http://fundacaohemopa.blogspot.com/. Ou página do Orkut

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Workshop de Transplante de Medula Óssea

O Governo do Estado, através da Fundação Hemopa, promoverá o “II Workshop Interdisciplinar de Transplante de Medula Óssea”, no período de 17 a 18 de setembro. O evento será destinado à formação, divulgação, atualização científica e educação continuada em temas atuais e de relevância para profissionais de diversas áreas relacionados ao atendimento, diagnóstico, tratamento e orientação de pacientes com indicação para o transplante de medula óssea. O Workshop também despertará interesse para os avanços das discussões, visando a implantação do Transplante de Medula Óssea no Pará e, para a implantação e funcionamento do Banco de Sangue de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário da Fundação HEMOPA, cujas obras já iniciaram. Temário: Organização Administrativa de um Serviço de Transplante de Medula Óssea, Criopreservação de Células Tronco no Banco de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário: Princípios, Técnicas e Normas; HLA. O que devemos saber para captação do doador não aparentado; Acompanhamento Médico no Transplantados de Medula Óssea; Implantação de um Serviço de Transplante de Medula Óssea; Captação de Células Progenitoras de Cordão Umbilical e Placentário; Doença do Enxerto Versos Hospedeiro e TMO. Quando trocamos de doença?; A importância da Enfermagem para o Transplante de Medula Óssea; Equipe Multidisciplinar e a Casa de Apoio ao Transplante de Medula Óssea; Aférese e o Transplante de Medula Óssea; A importância do serviço de Odontologia para o Transplante de Medula Óssea.

Maiores informações: 32429100 R- 361, de segunda a sexta-feira, de 8h às 14h.

Hemopa Santarém supera meta de coletas

No período de 13 a 17 deste mês, o Hemocentro Regional de Santarém promoveu campanha externa de doação de sangue em parceria com o Hospital Regional do Baixo Amazonas Dr. Waldemar Penna,que resultou em 390 comparecimentos e 376 coletas, superando a meta de 300 doações de sangue. A ação teve a finalidade de suprir demanda transfusional do referido hospital que recebe pacientes de todos os municípios do oeste paraense.
“Quem doa sangue, salva vidas”. Foi o tema da campanha que foi realizada na sede do hemocentro regional que, atualmente, está sob gerência do médico Waldir Mesquita. A ação estratégica contou com a participação de funcionários, familiares de pacientes e comunidade atendida pelo Hospital Regional.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses
O Hemocentro de Santarém espera por você na Av. Frei Vicente, s/n, Q/d-15. Mais informações: (93) 3522-1143.Horário para coleta de sangue: de segunda a sexta de 7h às 13h.

Hemopa Marabá incrementa estoque de sangue

No dia 10 deste mês, de 8h às 12h, o Governo do Estado, através do Hemocentro Regional de Marabá, realizou campanha externa de doação de sangue no Centro de Saúde Carlos Barreto. A ação estratégica que resultou em 37 comparecimentos e 31 coletas, obteve parceria da Secretaria Municipal de Saúde que disponibilizou espaço para realização da campanha e apoio dos funcionários do centro que foi fundamental para o envolvimento dos Agentes Comunitários de Saúde na divulgação da atividade.
Para o diretor do hemocentro, o médico Fernando Monteiro, essas ações representam o reforço do estoque técnico de sangue para atendimento satisfatório da demanda do veraneio que normalmente aumenta em função das férias e com a chegada de visitantes em Marabá e municípios da região.
A divulgação da campanha contou com apoio da imprensa local, da direção do Centro de Saúde e da direção da UNIMED local, que doou ao Hemocentro uma tenda e duas mesas desmontáveis.
O Hemopa Marabá prossegue suas ações com campanha do veraneio “Neste verão faça o calor humano aumentar. Doe Sangue”, que também está sendo desenvolvida, paralelamente, na capital e nos demais Hemocentro Regionais de Santarém e Castanhal; e nos Núcleos de Hemoterapia de Altamira, Abaetetuba, Tucuruí, Redenção e Capanema.
Quem pode doar sangue
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos, peso a partir de 50 quilos e portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado.
O Hemopa Marabá espera por você na Rod. Transamazônica, Quadra 12, S/N. Entre Av. Hiléia e Av. Amazônia. Bairro: Amapá Fone: (94) 3324.1645 / 3324.1810.E-mail: hemopa@skorpionet.com.br. Funcionamento para coleta de sangue: 7h30 às 13h, de segunda a sexta-feira.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Quase 1.300 comparecimentos em campanhas externas

O Governo do Estado, por meio da Fundação Hemopa, realizou nos dias 14 e 15 mais duas importantes campanhas externas em parceria com o Hospital Metropolitano e Lar Fabiano de Cristo, que resultaram em mais 234 comparecimentos, que somados aos demais resultados de cinco campanhas externas anteriores, passam a 1.296 comparecimentos em sete ações estratégicas que estão reforçando estoque de sangue do hemocentro para a campanha do veraneio que, paralelamente, está sendo realizada desde o dia 13 e se estenderá até o dia 31.
A mobilização no pátio do Hospital Metropolitano deu-se nos dias 14 e 15, de 8h às 19h, envolvendo funcionários, familiares de pacientes e comunidade obtendo participação de 161 pessoas. Essa atividade faz parte do Programa de Captação Hospitalar que o hemocentro desenvolve com objetivo de aumentar a coleta desse segmento com a colaboração da rede hospitalar.
A campanha de doação de sangue no Lar Fabiano de Cristo, no dia 15, que rendeu 73 comparecimentos, fez parte de Ação de Cidadania do Governo do Estado que ofereceu vários serviços à população mais carente, entre elas, emissão de documentos.
Dentro da programação de campanhas externas programadas até o dia 29 deste mês, o Hemopa está hoje, 16, na Agência dos Correios da Presidente Vargas, de 8h às 17h. No dia 21, no 8ª DESUP, de 8h às 16h. No dia 22, no Tribunal de Contas do Estado (TCE), de 8h às 17h.Nos dias 28 e 29, no Shopping Castanheira, de 8h às 21h. .Até agora foram sete ações externas envolvendo Detran, Shopping Castanheira, 8ª região Militar, no Distrito de Icoaraci, Hospital Metropolitano e Lar Fabiano de Cristo.
A campanha na sede do Hemocentro coordenador tem como tema “Neste verão faça o calor humano. Doe sangue”, está ganhando fôlego com as campanhas externas que estão acontecendo em vários pontos da cidade. Para a gerente de Captação de Doadores, a assistente social Juciara Farias, a campanha do verão deverá superar as expectativas de coletas, tendo em vista a grande recepção das campanhas externas. “O ritmo da campanha está indo muito bem. Mas nunca é demais lembrar as pessoas de passarem no Hemopa antes de sair de férias. Elas podem ainda fazer suas doações em oito cidades que estamos com campanha”, observou, destacando a responsabilidade do órgão em garantir abastecimento para uma rede hospitalar com mais 218 casas de saúde. Somente em Belém são quase 90.
A campanha do verão também está sendo desenvolvida nos Hemocentros Regionais de Marabá, Castanhal e Santarém; e nos Núcleos de Hemoterapia de Abaetetuba, Altamira, Tucuruí, Redenção de Capanema. Cada unidade tem data especifica da ação, levando-se em consideração a sua realidade.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses.
Para quem está em Belém, o Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109.Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 08002808118 ou pelo blog do Hemopa: http://fundacaohemopa.blogspot.com/. Ou página do Orkut

Hemopa convoca doadores de sangue para campanha do verão

A campanha de doação de sangue do veraneio, promovida pelo Governo do Estado, através da Fundação Hemopa, começou ontem, 13, com significativo saldo de 1.062 comparecimentos resultantes das campanhas externas que estão sendo desenvolvidas desde o dia primeiro deste mês.Até agora foram cinco ações envolvendo Detran, Shopping Castanheira, 8ª região Militar, no Distrito de Icoaraci. Hoje e amanhã, 15 e 16, a unidade móvel do hemocentro estará no pátio do Hospital Metropolitano de Belém, de 8h às 19h. A meta é de 100 coletas/dia. Neste mesmo dia, o Hemopa também estará participando de Ação Cidadania no Lar Fabiano de Cristo, de 7h às 15h, com previsão de 80 doações.
A campanha na sede do Hemopa que tem como tema “Neste verão faça o calor humano. Doe sangue”, que se estenderá até o dia 31, obteve um saldo de 232 comparecimentos no primeiro dia e está ganhando fôlego com as campanhas externas que estão acontecendo em vários pontos da cidade. No dia 16, haverá coleta na Agência dos Correios da Presidente Vargas, de 8h às 17h, com meta de 100 doações.
Para a gerente de Captação de Doadores, a assistente social Juciara Farias, a campanha do verão deverá superar as expectativas de coletas, tendo em vista a grande recepção das campanhas externas. “O ritmo da campanha está indo muito bem. Mas nunca é demais lembrar as pessoas de passarem no Hemopa antes de sair de férias. Elas podem ainda fazer suas doações em oito cidades que estamos com campanha”, observou, destacando a responsabilidade do órgão em garantir abastecimento para uma rede hospitalar com mais 218 casas de saúde. Somente em Belém são quase 90.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses.
Para quem está em Belém, o Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109.Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 08002808118 ou pelo blog do Hemopa: http://fundacaohemopa.blogspot.com. Ou página do Orkut

Hemopa Marabá incrementa estoque de sangue


No dia 10 deste mês, de 8h às 12h, o Governo do Estado, através do Hemocentro Regional de Marabá, realizou campanha externa de doação de sangue no Centro de Saúde Carlos Barreto. A ação estratégica que resultou em 37 comparecimentos e 31 coletas, obteve parceria da Secretaria Municipal de Saúde que disponibilizou espaço para realização da campanha e apoio dos funcionários do centro que foi fundamental para o envolvimento dos Agentes Comunitários de Saúde na divulgação da atividade.
Para o diretor do hemocentro, o médico Fernando Monteiro, essas ações representam o reforço do estoque técnico de sangue para atendimento satisfatório da demanda do veraneio que normalmente aumenta em função das férias e com a chegada de visitantes em Marabá e municípios da região.
A divulgação da campanha contou com apoio da imprensa local, da direção do Centro de Saúde e da direção da UNIMED local, que doou ao Hemocentro uma tenda e duas mesas desmontáveis.
O Hemopa Marabá prossegue suas ações com campanha do veraneio “Neste verão faça o calor humano aumentar. Doe Sangue”, que também está sendo desenvolvida, paralelamente, na capital e nos demais Hemocentro Regionais de Santarém e Castanhal; e nos Núcleos de Hemoterapia de Altamira, Abaetetuba, Tucuruí, Redenção e Capanema.
Quem pode doar sangue
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos, peso a partir de 50 quilos e portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Hemopa Marabá espera por você na Rod. Transamazônica, Quadra 12, S/N. Entre Av. Hiléia e Av. Amazônia. Bairro: Amapá Fone: (94) 3324.1645 / 3324.1810.E-mail: hemopa@skorpionet.com.br. Funcionamento para coleta de sangue: 7h30 às 13h, de segunda a sexta-feira.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Hemopa convoca doadores de sangue para campanha do verão

A campanha de doação de sangue do veraneio, promovida pelo Governo do Estado, através da Fundação Hemopa, começou ontem, 13, com significativo saldo de mais de mil comparecimentos resultantes das campanhas externas que estão sendo desenvolvidas desde o dia primeiro deste mês.Até agora foram cinco ações envolvendo Detran, Shopping Castanheira, 8ª Região Militar, no Distrito de Icoaraci. Hoje e amanhã, 15 e 16, a unidade móvel do hemocentro estará no pátio do Hospital Metropolitano de Belém, de 8h às 19h. A meta é de 100 coletas/dia. Neste mesmo dia, o Hemopa também estará participando de Ação Cidadania no Lar Fabiano de Cristo, de 7h às 15h, com previsão de 80 doações.
A campanha na sede do Hemopa que tem como tema “Neste verão faça o calor humano aumentar. Doe sangue”, que se estenderá até o dia 31, obteve um saldo de 232 comparecimentos no primeiro dia e está ganhando fôlego com as campanhas externas que estão acontecendo em vários pontos da cidade. No dia 16, haverá coleta na Agência dos Correios da Presidente Vargas, de 8h às 17h, com meta de 100 doações.
Para a gerente de Captação de Doadores, a assistente social Juciara Farias, a campanha do verão deverá superar as expectativas de coletas, tendo em vista a grande recepção das campanhas externas. “O ritmo da campanha está indo muito bem. Mas nunca é demais lembrar as pessoas de passarem no Hemopa antes de sair de férias. Elas podem ainda fazer suas doações em oito cidades que estamos com campanha”, observou, destacando a responsabilidade do órgão em garantir abastecimento para uma rede hospitalar com mais 218 casas de saúde. Somente em Belém são quase 90.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidad, pode ser um doador em potencial.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses.
Para quem está em Belém, o Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109.Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 08002808118 ou pelo blog do Hemopa: http://fundacaohemopa.blogspot.com/. Ou página do Orkut

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Hemopa sedia evento de tratamento de resíduos hospitalar

Nesta segunda-feira, 13, a Fundação Hemopa sediará o I Curso Regional de Resíduos de Serviços de Hematologia e Hemoterapia Públicos do PaÍs, que se estenderá até o dia 16. O evento é do Ministério da Saúde (MS), através da Coordenação do Programa Nacional do Sangue e Hemoderivados (CPNSH), e tem o objetivo de capacitar os profissionais da hemorrede nacional para a criação e implantação de seus Planos de Gerenciamento de Resíduos de Saúde (PRGSS), que foi implantado na Fundação Hemopa em 2006, mas desde 1990, inciaram ações voltadas à gestão de resíduos e, neste momento, o hemocentro aproveitará a oportunidade para refinar suas ações. O evento que será realizado no Belém Hotel Soft (antigo hotel Equatorial)e deverá contar com cerca de 45 participantes.
A atividade é de extrema importância para o melhor desenvolvimento das ações da hemorrede nacional, levando-se em consideração que a questão ambiental vem ganhando destaque em todas as atividades humanas, especialmente, na área de saúde, nesse caso, os resíduos produzidos pelo setor, comumente associados à denominação de “lixo hospitalar”, que representa uma fonte de risco à saúde e ao meio ambiente, em função a eventual falta de adoção de procedimentos técnicos adequados ao manejo das diferentes frações sólidas e líquidas como materiais biológicos contaminados, objetos perfuro-cortantes, peças anatômicas, substâncias tóxicas, inflamáveis e radioativas.
Atendendo as legislações vigentes, a Fundação Hemopa adota tratamento diferenciado a destinação final dos seus resíduos de saúde, tornando o gerenciamento do produto um processo de extrema importância para a preservação da qualidade da saúde dos públicos interno, externo e meio ambiente. De janeiro a maio deste ano, o hemocentro produziu uma média mensal de 2.600 Kg resíduos biológicos e 236 Kg de recicláveis, sendo que o biológico tem transporte, tratamento e destinação apropriados, e os recicláveis são encaminhados às famílias que integram a Associação do Projeto Social de Coleta Seletiva, da Prefeitura Municipal de Belém, que faz parte do Projeto de Biorremediação do Aterro Sanitário do Aurá, cumprindo o HEMOPA em mais esta área, sua responsabilidade social. Já os resíduos comuns são coletados pelo serviço público municipal.
Segundo a enfermeira Kati Nascimento Seixas, responsável técnica pelo Programa de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS), do Hemopa, a atividade atende ainda aos requisitos exigidos pelo processo de Acreditação e do modelo de Excelência em Gestão Pública. “Após esse curso, vamos refinar nossas ações sempre em busca da melhoria dos serviços e troca de experiências com os demais colegas da hemorrede nacional”, comentou, destacando a satisfação do Hemopa sediar evento desse porte e ser referência de tal atividade na região Norte.
O curso será desenvolvido em duas etapas, sendo esta primeira de caráter presencial e a segunda com duração de dois meses e à distância, através do uso da internet.
Pela Fundação Hemopa, participarão os seguintes servidores: Kati Nascimento (Belém), Luis Renato Figueiredo (Belém), Marilda Souza (Belém), Carmem Cordero (Belém), Luciana Sales (Castanhal), Fernando Augusto Monteiro (Marabá), José Oliva Segundo(Santarém), Elias Serruya (Abatetuba), Maria da Conceição de Matos (Altamira), Amil Jorge Corrêa (Capanema), Leidiane Santos Silva (Redenção) e Valdenize Farias (Tucuruí).

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Os doadores de sangue e comunidade em redor da Fundação Hemopa tiveram a grande oportunidade hoje, de 8h às 13h, de assistir uma prévia do espetáculo circense do Monte Carlo Circus, para promoção de campanha especial de doação de sangue em parceria com o hemocentro, que distribuirá ingresso aos doadores que efetivarem coleta de sangue até às 18h de hoje. A meta é de 300 coletas. A apresentação contou com palhaços, equilibristas, arremessador de facas, malabaristas, trapezistas, mágicos e dois camelos do alfeganistão. O picadeiro foi montado no pátio do Hemopa.
Segundo a presidente do hemocentro, dra. Fátima Montoril, essas ações externas que estão sendo realizadas desde o dia primeiro deste mês, já renderam 350 coletas que, multiplicadas por quatro, podem salvar até 1.400 pacientes adultos. “Agradecemos novamente a direção e artistas do circo Monte Carlos por renovar essa importante parceria que salva vidas. Estamos a disposição de instituição públicas ou privadas que queiram colaborar para a melhoria da saúde pública em nosso estado, especialmente, atendimento da demanda transfusional, ocasionada pela necessidade de milhares de pacientes dos leitos da rede hospitalar de 218 hospitais do Pará”, observou a médica.
A campanha com o grupo Beto Carrero, que resultou em 250 comparecimentos até às 13h, faz parte da programação de campanhas externas que antecede a campanha do verão que o Governo do Estado, através do Hemopa, realizará de 13 a 31 deste mês, que tem como tema: “Neste verão, faça o calor humano aumentar. Doe Sangue”.
Do total de campanhas realizadas, nos dias 01 e 02, foi no Detran que totalizou 128 comparecimentos. Nos dias 06 e 07, com 172 participações. Ontem, dia 08, foi na 8ª Região Militar com 49 adesões. Hoje, 09, a unidade móvel de coleta de sangue do hemocentro está no Distrito de Icoaraci, na rua Manoel Barata (em frente a Agência do Banco do Brasil). Nos dias 14 e 15, no Hospital Metropolitano. No dia 16, na Agência Central dos Correios. No dia 21, no 8º DSUP. No dia 22, no Tribunal de Contas do Estado(TCE). Nos dias 28 e 29, no Shopping Castanheira.
Paralelamente a campanha do veraneio do hemocentro coordenador, haverá ações nos Hemocentros Regionais (HR) de Castanhal, Marabá e Santarém; e nos Núcleos de Hemoterapia e Hematologia (NH) de Abaetetuba, Altamira, Tucuruí, Redenção e Capanema, que disponibilizarão sangue para rede hospitalar de municípios vizinhos, totalizando uma cobertura transfusional de 85%.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses.
Para quem está em Belém, o Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109.Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo 08002808118 ou pelo blog do Hemopa: http://fundacaohemopa.blogspot.com/. ou página do Orkut.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Parcerias elevam doações de sangue no veraneio

Nesta quarta-feira, 08, o Governo do Estado, através do Hemopa, estará realizando campanha externa no Distrito de Icoaraci, na rua Manoel Barata (em frente ao Banco do Brasil), de 8h às 18h. A meta é de 80 coletas. Outra importante ação é nesta quinta-feira, 09, quando o hemocentro estará renovando parceria com o Grupo Beto Carrero Monte Carlo Circo, que distribuirá ingressos aos doadores de sangue que comparecerem na sede do Hemopa, na quinta-feira. Haverá ainda apresentação de artistas, malabaristas e animais adestrados. Tudo isso de 9h às 13h.
Prosseguindo com a programação de campanhas externas, nos dias 14 e 15, será no Hospital Metropolitano, de 8h às 18h. No dia 16, na Agência dos Correios da Presidente Vargas, de 8h às 16h. No dia 21, no 8ª DESUP, de 8h às 16h. No dia 22, no Tribunal de Contas do Estado (TCE), de 8h às 17h.Nos dias 28 e 29, no Shopping Castanheira, de 8h às 21h. Em todas as ações a meta será de 80 doações de sangue.
Essas atividades antecedem a grande campanha de incentivo a coleta de sangue do veraneio que vem com o tema “Neste verão, faça o calor aumentar. Doe Sangue”, que será desenvolvida de 13 a 31, inclusive nos Hemocentros Regionais (HR) de Marabá, Castanhal e Santarém; e nos Núcleos de Hemoterapia de Altamira, Abaetetuba, Tucuruí, Redenção e Capanema. No entanto, as datas das ações no interior serão diferenciadas e de acordo com a realidade de cada unidade.
Segundo a gerente de Captação de Doadores, a assistente social Juciara Farias, a parceria com o Grupo Beto Carrero contará com distribuição de material educativo na bilheteria do circo, antes de cada espetáculo haverá anúncio da campanha de doação de sangue, com objetivo de estimular o público a exercitar esse ato solidário. “O circo ficará na cidade durante toda primeira quinzena deste mês e, nesse período, vamos obter importante colaboração na divulgação de nossas ações estratégicas junto aos públicos de todas as idades. Essa parceria sempre nos trouxe muita sorte e positividade sobre a questão da doação de sangue. Nós agradecemos”, afirmou Juciara Farias.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade .Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses.Para quem está em Belém, o Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109.Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 08002808118 ou pelo blog do Hemopa: http://fundacaohemopa.blogspot.com/. Ou página do Orkut

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Campanhas externas incrementam coletas no veraneio

Hoje e amanhã, dias 6 e 7, o Governo do Estado, por meio da Fundação Hemopa, estará realizando a IX Campanha Externa de Doação de Sangue no Shopping Center Castanheira, de 10h às 19h. A meta é de 80 coletas/dia. De janeiro a maio já foram realizadas oito campanhas que resultaram no excelente saldo de 645 comparecimentos com uma média de 80 candidatos/dia. A ação faz parte da programação de coleta de sangue do veraneio. Na sede do hemocentro coordenador em Belém, a campanha terá como tema “Neste verão, faça o calor humano aumentar. Doe Sangue”, que vai de 13 a 31, com a meta diária de 300 coletas.
As ações externas de sensibilização e captação de doadores tiveram início com campanha no Detran nos dias 01 e 02, que resultou em 127 comparecimentos. As ações prosseguem no dia 08, com campanha na 8ª Região Militar. No dia 09, no Distrito de Icoaraci, na rua Manoel Barata (em frente ao Banco do Brasil), de 8h às 18h. Nos dias 14 e 15, no Hospital Metropolitano, de 8h às 18h.No dia 16, na agências dos Correios, na avenida Presidente Vargas, de 8h às 16h. No dia 21, no 8ª DESUP, de 8h às 16h. No dia 22, no Tribunal de Contas do Estado (TCE), de 8h às 17h.Nos dias 28 e 29, no Shopping Castanheira, de 8h às 21h.
Para a gerente de Captação de Doadores, a assistente social Juciara Farias, as ações externas tem papel fundamental para o suporte do estoque técnico de sangue do hemocentro que tem a responsabilidade de atender a demanda da rede hospitalar estadual que possui quase 220 casas de saúde. “Temos uma enorme e importante missão com a vida, através de ações de sensibilização e captação de doadores voluntários. São milhares de pacientes nos leitos de hospitais que dependem da solidariedade de todos, especialmente em época de férias ou festividades quando há redução do número de comparecimentos de doadores”, observou, anunciando a retomada da parceria com o Circo Beto Carrero, que ao visitar Belém, sempre desempenha seu papel de responsabilidade social para atrair maior número de doadores durante suas apresentações, destacando a importância da participação de seu público no processo da doação de sangue.
Sobre a campanha de verão na sede do hemocentro, a assistente social adianta que a ação será eminentemente educativa e com a parceria de várias instituições do Estado, entre elas, Polícia Rodoviária, Detran, Bombeiros e Defesa Civil.
De acordo com ela, a campanha também será desenvolvida nos Hemocentros Regionais (HR) de Castanhal, Marabá e Santarém; e nos Núcleos de Hemoterapia e Hematologia (NH) de Abaetetuba, Altamira, Tucuruí, Redenção e Capanema, que disponibilizarão sangue para rede hospitalar de municípios vizinhos, totalizando uma cobertura transfusional de 85%.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses.
Para quem está em Belém, o Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109.Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo 08002808118 ou pelo blog do Hemopa: http://fundacaohemopa.blogspot.com/. ou página do Orkut.

Hemopa convoca doadores de sangue raro para campanha do verão

O mês de julho está iniciando e a Fundação Hemopa já registra gradativa redução do número de coletas com 209 doações no dia primeiro e 157 no dia 2, quando a média diária é de 250 coletas. Dos tipos de sangue, a maior necessidade no momento é de O e A negativos. “Neste verão, faça o calor humano aumentar. Doe Sangue” é o tema da campanha que será desenvolvida pelo Governo do Estado, através da Fundação Hemopa no período de 13 a 31 deste mês. A meta é de 300 doações/dia.
Diante da situação, a direção do hemocentro vai direcionar a ação estratégica também para revitalizar o Clube de Doadores Raros e atualização dos dados cadastrais dos associados. É preciso elevar o número de inscritos em, pelo menos, 50%, tendo em vista que muitos deles estão com dados cadastrais desatualizados o que dificulta o contato, normalmente feito por telefone.
“Hoje, estamos com três prioridades básicas para melhorar ainda mais o serviço: garantir atendimento da demanda do veraneio, conquistar novos doadores e atualizar as informações pessoais dos associados do Clube de Doadores Raros”. Juciara Farias explica que o sangue é classificado em grupos sanguíneos pela presença ou ausência de um antígeno na superfície da hemácia. Os grupos mais importantes são o ABO e Rh (+ ou -). A incidência destes grupos varia de acordo com a raça, pois trata-se de um fator hereditário. No Pará, percentualmente, sua ocorrência na população é de aproximadamente: O+ (55%), O- (4%), B+ (8%), B- (1%), A+ (27%), A- (2,5%), AB+ (2%), AB- (0,5%).
Sobre a campanha do verão, a gerente de Captação de Doadores do Hemopa, assistente social Juciara Farias, adiantou que ação contará com distribuição de material informativo, convite por meio de mala direta aos doadores, além de fortalecimento e/ou composição de novas parcerias com instituições públicas e privadas que contribuirão para divulgação da mobilização que garantirá o atendimento transfusional do Estado, que corresponde a 218 hospitais, sendo que 85 deles somente na capital.
De acordo com ela, a campanha também será desenvolvida nos Hemocentros Regionais (HR) de Castanhal, Marabá e Santarém; e nos Núcleos de Hemoterapia e Hematologia (NH) de Abaetetuba, Altamira, Tucuruí, Redenção e Capanema, que disponibilizarão sangue para rede hospitalar de municípios vizinhos, totalizando uma cobertura transfusional de 85%.
Em Belém, simultaneamente, serão realizadas campanhas externas para dar suporte a ação maior com campanhas nos seguintes locais: Nos dias primeiro e 02, foi realizada ação no Detran que culminou em 66 e 68 coletas, respectivamente. Nos dias 6 e 7 será no Shopping Castanheira. No dia 8, na 8ª Região Militar. No dia 9, Distrito de Icoaraci, Hospital Metropolitano (14 e 15), Correios (16),8º DSUP (21),TCE/PA (22), Shopping Castanheira (28 e 29).
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses.
Para quem está em Belém, o Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109.Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 32429100- R/325 ou pelo blog do Hemopa: http://fundacaohemopa.blogspot.com/. ou página do Orkut.

Hemopa convoca doadores rarto

O mês de julho está iniciando e a Fundação Hemopa já registra gradativa redução do número de coletas com 209 doações no dia primeiro e 157 no dia 2, quando a média diária é de 250 coletas. Dos tipos de sangue, a maior necessidade no momento é de O e A negativos. “Neste verão, faça o calor humano aumentar. Doe Sangue” é o tema da campanha que será desenvolvida pelo Governo do Estado, através da Fundação Hemopa no período de 13 a 31 deste mês. A meta é de 300 doações/dia.
Diante da situação, a direção do hemocentro vai direcionar a ação estratégica também para revitalizar o Clube de Doadores Raros e atualização dos dados cadastrais dos associados. É preciso elevar o número de inscritos em, pelo menos, 50%, tendo em vista que muitos deles estão com dados cadastrais desatualizados o que dificulta o contato, normalmente feito por telefone.
“Hoje, estamos com três prioridades básicas para melhorar ainda mais o serviço: garantir atendimento da demanda do veraneio, conquistar novos doadores e atualizar as informações pessoais dos associados do Clube de Doadores Raros”. Juciara Farias explica que o sangue é classificado em grupos sanguíneos pela presença ou ausência de um antígeno na superfície da hemácia. Os grupos mais importantes são o ABO e Rh (+ ou -). A incidência destes grupos varia de acordo com a raça, pois trata-se de um fator hereditário. No Pará, percentualmente, sua ocorrência na população é de aproximadamente: O+ (55%), O- (4%), B+ (8%), B- (1%), A+ (27%), A- (2,5%), AB+ (2%), AB- (0,5%).
Sobre a campanha do verão, a gerente de Captação de Doadores do Hemopa, assistente social Juciara Farias, adiantou que ação contará com distribuição de material informativo, convite por meio de mala direta aos doadores, além de fortalecimento e/ou composição de novas parcerias com instituições públicas e privadas que contribuirão para divulgação da mobilização que garantirá o atendimento transfusional do Estado, que corresponde a 218 hospitais, sendo que 85 deles somente na capital.
De acordo com ela, a campanha também será desenvolvida nos Hemocentros Regionais (HR) de Castanhal, Marabá e Santarém; e nos Núcleos de Hemoterapia e Hematologia (NH) de Abaetetuba, Altamira, Tucuruí, Redenção e Capanema, que disponibilizarão sangue para rede hospitalar de municípios vizinhos, totalizando uma cobertura transfusional de 85%.
Em Belém, simultaneamente, serão realizadas campanhas externas para dar suporte a ação maior com campanhas nos seguintes locais: Nos dias primeiro e 02, foi realizada ação no Detran que culminou em 66 e 68 coletas, respectivamente. Nos dias 6 e 7 será no Shopping Castanheira. No dia 8, na 8ª Região Militar. No dia 9, Distrito de Icoaraci, Hospital Metropolitano (14 e 15), Correios (16),8º DSUP (21),TCE/PA (22), Shopping Castanheira (28 e 29).
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses.
Para quem está em Belém, o Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109.Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 32429100- R/325 ou pelo blog do Hemopa: http://fundacaohemopa.blogspot.com. ou página do Orkut.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Dúvidas mais frequentes sobre doação de sangue

- Doar sangue engorda ou faz emagrecer?
Ao doar sangue você não engorda nem emagrece.
- Doar sangue engrossa ou afina o sangue?
Não engrossa nem afina o sangue, é apenas um mito.
- Doar sangue vicia?Não. A doação de sangue não está relacionada a nenhuma dependência.
- É preciso algum documento de identidade?
Sim. O candidato deve apresentar documento original com foto, expedido pelo órgão oficial. Exemplos: Carteira de Identidade (RG ou RNE), Passaporte, Carteira de Trabalho, Carteira de Identidade de Profissional, Carteira Nacional de Habilitação com foto e Certificado de Reservista.
- Fiz uma tatuagem há um ano. Posso doar?
Sim. Quem fez tatuagem há mais de um ano pode doar sangue.
- Há substituto para o sangue?
Não. Ainda não há nenhum substituto do sangue.
- O que é sangue universal?
Hoje sabemos que não existe sangue universal. Todas as pessoas têm características diferentes e por isso, quando necessitam de transfusão de sangue, precisamos fazer exames pré-transfusionais independente do grupo sangüíneo do doador e do receptor.
- O que é feito com o sangue que doamos?
Após a coleta, a bolsa coletada é fracionada em componentes sangüíneos (concentrado de hemácias, de plaquetas e plasma). Esses componentes são liberados para uso somente após o resultado dos exames. As unidades que apresentam reatividade sorológica são descartadas. Uma única unidade doada pode beneficiar três pacientes.
- O que é sangue raro?
É um sangue com característica especifica de baixa freqüência na população e algumas vezes, pode ser uma característica familiar.
- O que se consegue em troca da doação de sangue?
A satisfação de beneficiar pessoas que não têm outra opção e dependem do gesto de pessoas como você para se sentir melhor.