terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Festas de final de ano provocam queda em coletra de sangue

Assim como toda hemorrede brasileira, a Fundação Hemopa está enfrentando dificuldades com a redução do número de comparecimento de doadores neste período marcado pelas festas de final de ano e de férias. No Pará, a queda de doações de sangue já chega a 41%, que corresponde a redução de 250 para 147 coletas/dia. Aos sábados, essa diferença aumenta para 72%, que representa uma diminuição de aproximadamente 90 para 25 coletas. Para reverter a situação e garantir atendimento satisfatório da demanda transfusional do Estado, a direção do hemocentro está convocando a população potencialmente doadora a comparecer no Hemopa antes de sair da cidade. Ou ainda, comparecer em algumas das unidades do hemocentro no interior do Estado, entre elas, Marabá, Santarém, Castanhal, Abaetetuba, Redenção, Capanema, Altamira e Tucuruí.
Segundo a assistente social Lílian Bouth, da Gerência de Captação de Doadores (GECAD), a colaboração de antigos e novos doadores é fundamental para atendimento satisfatório das solicitações hospitalares. “Temos uma demanda gigantesca. São mais de 200 hospitais com inúmeros pacientes aguardando por transfusão de sangue. Contamos com a sensibilidade de todos para exercitar um simples gesto: estender o braço, porque infelizmente ainda não inventaram nada que substitua o sangue humano”, destacou, demonstrando preocupação com a queda do estoque e eventual priorização no atendimento de urgência e emergência.
De acordo com o Ministério da Saúde (MS), o estoque brasileiro de sangue vive em estado de emergência.Ano passado, foram coletadas 3,1 milhão de bolsas de sangue no território nacional, o que não atende a demanda de forma eficaz. Para reverter a situação, cada hemocentro estadual desenvolve ações estratégicas para superar as dificuldade. No Pará, a média diária de coleta é de 250 unidades de sangue e cerca de 300 transfusões/dia. Para Lílian Bouth, o ideal seria uma média diária de 300 coletas para formar estoque técnico.
Além da campanha na sede do hemocentro, a unidade móvel de coleta de sangue do Hemopa está hoje e amanhã, 30, na Presidente Vargas, em frente ao prédio do banco do Brasil, efetuando coleta externa de sangue. A meta é de 80 doações/dia. A assistente social finaliza repassando a informação de que o hemocentro funcionará para coleta de sangue até o dia 31/12, sendo que no horário de 7h30 às 13h.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e peso acima de 50 quilos é um doador em potencial. É necessário portar Documento de Identidade. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado.
O Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109.Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 08002808118 ou pelo site: www.hemopa.pa.gov.br ou pelo blog:: http://fundacaohemopa.blogspot.com.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

HEMOPA convoca população para campanha do Natal

A Fundação Hemopa está contando com todas as pessoas, potencialmente doadoras de sangue, para garantir o abastecimento da rede hospitalar pública e privada, e oferecer aos milhares pacientes espalhados pelos leitos de todo estado, uma festa natalina mais feliz e solidária. “Neste Natal presenteie um paciente com sua bolsa de sangue”. É o tema da campanha que o hemocentro desenvolverá de 21 a 31 deste mês. A meta será de 300 coletas/dia.
A ação estratégica tem o objetivo de assegurar atendimento satisfatório da demanda transfusional, que neste mês normalmente reduz em cerca de 35%.A situação se alastra por todo Brasil.No Pará, a direção do hemocentro tentará reverter a situação com ação estratégica na sede e nos hemocentros Regionais de Marabá, Santarém, Castanhal; e nos Núcleos de Hemoterapia de Abaetetuba, Altamira, Tucuruí, Redenção e Capanema.
“Queremos formar estoque preventivo para garantir atendimento aos nossos usuários dos 218 hospitais do Pará. Isso é uma grande responsabilidade que temos que dividir com a população”, comentou a gerente de Captação de Doadores do hemocentro, a assistente social Juciara Farias, ao ressaltar que o sangue só pode ser coletado de um braço solidário.
De acordo com ela, do dia primeiro deste mês até hoje, o Hemopa já registra uma redução de 17%, no número de comparecimento de doadores. A constatação exige medidas preventivas de alerta à população para fazer a coleta de sangue antes de sair da capital. Ou, orientar a doação, para municípios onde o hemocentro possui unidades para coleta de sangue.
Segundo Juciara Farias, as festividades de final de ano impedem o maior número de doações, cor diversos motivos, entre elas, viagens de férias, deslocamentos das pessoas para interior ou fora do estado e excessos de confraternizações onde, normalmente, as pessoas ingerem bebidas alcoólicas. “Mas precisamos destacar que a doação não impede a diversão. Quem doar pela manhã, por exemplo, pode divertir-se à noite, mas com moderação, como tudo na vida”, ponderou.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses.
O Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109.Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 08002808118 ou pelo site: http://www.hemopa.pa.gov.br/ ou pelo blog: http://fundacaohemopa.blogspot.com/.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Cartunistas usam criatividade na doação de sangue

Foi bastante concorrido o “I Salão Nacional de Humor de Marabá”, realizado de 23 a 29/11, naquela cidade promovido pelo cartunista local, Rildo Vieira Brasil, o evento contou com a participação de 88 trabalhos de artistas de todo Brasil. O salão teve o objetivo de estimular a doação voluntária de sangue. ‘Doar sangue é doar vidas”, foi o tema do evento que premiou as seguintes categorias: 1º lugar Cartum Nacional Roberto Kroll (SP), 2º lugar Cartum nacional R.Waldez (PA). 1º lugar Cartum Regional Rilcircley Vieira Brasil, Marabá (PA), 2º lugar Cartum Regional, Rildo Vieira Brasil, Marabá (PA), 1º lugar Tira Nacional- Paulo Sérgio (PA), 2º Lugar Tira Nacional- Marcelo Barreto (SP), 1º lugar Tira Regional Jorge Washington- Itupirnga (PA), 2º lugar Tira Regional - Rilcirley Vieira Brasil, que também ganhou Menção Honrosa juntamente com Marcelo Barreto.
O evento fez parte do programa “Sorria Marabá”, promovido pelo cartunista local Rildo Brasil.
Os trabalhos selecionados foram expostos em dois momentos: de 26 a 28 de novembro, no Ginásio Olímpico da Folha 16, por ocasião da Feira do Livro de Marabá; e de 30 de novembro a 18 de dezembro, na redação do jornal “Correio do Tocantins”, Folha 32.
O primeiro lugar na categoria nacional recebeu prêmio no valor de R$ 1.000,00; e o 2º lugar: R$ 400,00. O primeiro lugar na categoria regional: R$ 700,00 e para o segundo lugar: R$ 300,00.Segundo o organizador do evento, os trabalhos selecionados, posteriormente, serão doados à Fundação Hemopa para utilização em campanhas de sensibilização a esse ato solidário. A presidente do hemocentro, dra. Maria de Fátima Montoril, parabeniza a iniciativa e agradece a doação de Brasil pela atitide inovadora e solidária.

Gincana solidária agita funcionários do Hemopa.

Até esta sexta-feira, 11, a arrecadação de brinquedos da “II Gincana Solidária” promovida pela Coordenadoria de Atendimento Ambulatorial (COAMB), da Fundação Hemopa, já superou a meta de 200 doações, atingindo 212 coletas de brinquedos novos que serão doados aos pacientes atendidos pelo hemocentro. A gincana também está arrecadando doações de alimentos não perecíveis para compor 50 cestas básicas. A coleta se dará até o dia 16 deste mês. A entrega será no dia 21, de 8h às 12h, por ocasião da festa de confraternização dos pacientes, no espaço Fuzuê.
Organizada pela Gerência de Serviço Social dos Pacientes (GESES), a gincana tem a finalidade de promover um Natal mais feliz aos atendidos pelo hemocentro. Segundo a titular da GESES, a assistente social Marilda Brito Fernandes, a atividade envolve as diretorias Técnica (DITEC) e Administrativa Financeira (DAFIN). De acordo com o regulamento do concurso solidário, a contagem das doações será proporcional ao número de servidores dos respectivos setores. Serão aceitos apenas brinquedos no valor igual ou superior a R$ 3,00. Com relação aos alimentos foi sugerido: feijão, arroz, café, açúcar, leite em pó, biscoito salgado, óleo, margarina e macarrão.
De cada diretoria sairá uma equipe vencedora que será premiada com Certificado e duas folgads para cada servidor, em data a ser negociada com a respectiva gerência. A divulgação do resultado será feita através do ENFOQUE, fonia, Comunicação Interna (CI), Mural de avisos, Site, Blog e jornal do Hemopa.
Até o momento, Marilda Brito adianta que a DITEC está vencendo a DAFIN. “Isso é uma competição saudável, solidária e muito incentivadora, que também provoca maior integração entre colegas de trabalho, que estão unidos para fazer o bem”, observou, apostando na superação de todas as metas em favor de um Natal mais feliz para todos os pacientes atendidos pelo Hemopa.
Ftos:1-Assistenets sociais recebendo doações. 2-Ambulatório pediátrico do Hemopa.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Funcionários do Hemopa fazem Natal solidário

Faça o Natal dos pacientes da Fundação Hemopa mais feliz. Essa é a proposta da “II Gincana a Solidariedade”, que está sendo promovida pela Coordenação de Atendimento Ambulatorial (COAMB), através da Gerência de Serviço Social (GESES), que está arrecadando brinquedos novos e alimentos não perecíveis. A meta é coletar 200 brinquedos e compor 50 cestas básicas. A entrega até o dia 15/12, na GESES, de 8h às 14h.
O evento envolverá as diretorias Técnica (DITEC) e Administrativa Financeira (DAFIN). De acordo com o regulamento do concurso solidário, a contagem das doações será proporcional ao número de servidores dos respectivos setores. Com relação aos alimentos foi sugerido: feijão, arroz, café, açúcar, leite em pó, bicoito salgado, óleo, margarina e macarrão.
De cada diretoria sairá uma equipe vencedora que será premiada com Certificado e duas folgads para cada servidor, em data a ser negociada com a respectiva gerência. A divulgação do resultado será feita através do ENFOQUE, fonia, Comunicação Interna (CI), Mural de avisos, Site, Blog e jornal do Hemopa.Segundo a gerente da GESES, Marilda Brito Fernandes, “a premiação maior será a certeza de ter contribuído para um Natal mais solidário e feliz”.
O paciente Marcos Vinicius Souza Eufrázio, 8 anos, nunca perdeu uma festa de confraternização. Segundo sua mãe, Ivanilde de Souza Sodré, mal chega dezembro e ele não para de perguntar sobre a confraternização.” É muito divertido.Sem sombra de dúvida que o Natal do meu filho é sempre mais feliz na festa do Hemopa”, afirmou, comentando que é um momento de união entre de amigos que acabam fazendo com a convivência no hemocentro.
.Para a funcionária Crissia Amaro, lotada na Assessoria de Imprensa da instituição, é muito importante participar dessa competição solidária. “Vou pedir ajuda para minha família e amigos”, comentou, demonstrando muita empolgação para arredacação de alimentos.A arrecadação dos brinquedos e cestas básicas deverão serão entregues aos pacientes carentes do Hemopa, durante a festa de confraternização, no dia 21/12, no espaço Fuzuê, de 8h às 12h.
Fotos: 1- o garoto Vinicius e sua mãe.2- Confraternização de 2008.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

FINAL DA CAMPANHA DO DOADOR

Campanha mobiliza mais de 2.500 mil coletas de sangue.
A população atendeu ao apelo da campanha comemorativa ao Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, promovida pela Fundação Hemopa, de 23 a 28/11, quando compareceram 2.632 candidatos à doação de sangue, que resultou em 2.175 coletas. A programação foi elaborada para agradecer e parabenizar essas pessoas anônimas que amam o próximo como a si mesmo. “Ajude a estocar solidariedade. Doe sangue”. Foi o tema da ação estratégica que contou com a parceria de instituições públicas e privadas, cantores locais, grupos folclóricos e de arte.
Um dos pontos altos foi a realização da II Oficina de Multiplicadores do Clube 25 do Hemopa e da Cruz Vermelha Brasileira/PA, quando houve entrega de Certificados para associados com 05 e 10 doações, foram eles: 05 doações: Alexandre Soares, Carlos Anderson Santana, Cleiton Roniere Ribeiro, Douglas Antunes Barbosa, Johnny Ferreira, Josivan Bahia, Kleber Felipe da Silva, Patrícia Carvalho, Raphael Fernandes Bahia, Solange Ferreira e Wandrew Guimarães. Com 10 doações: Carlos Alexandre da Silva.
Neste mesmo dia, a presidente do Hemopa, dra. Maria de Fátima Montoril fez o lançamento oficial da Cartilha de Serviços do hemocentro para orientar e melhorar atendimento aos usuários. No dia 25, toda equipe do hemocentro concentrou esforços para agradecer e parabenizar os doadores que comemoraram a data com parabéns e bolo de metro.
Durante todo o período da ação estratégica, os doadores receberam kit com camiseta, cartão de agradecimento, panfleto, Cartilha de Serviços do Hemopa e preservativos, além de lanche especial e música ao vivo na copa.
A Sessão Especial na Câmara Municipal de Belém em homenagem ao doador também ganhou destaque na programação, no dia 24. A sessão foi solicitada pelo vereador Augusto Pantoja, que parabenizou a direção do hemocentro pelo atendimento destinado aos seus usuários. “Quem dera que todo serviço público fosse eficiente como o do Hemopa, que é referência no Pará e no Brasil. Parabenizo, sobretudo, aos doadores que mantém o estoque de sangue que mantém a vida”, ressaltou, sugerindo que o órgão deveria ter o título de “Guardião da Saúde”.
A campanha também teve a finalidade de formar estoque técnico para a primeira quinzena de dezembro, quando normalmente há uma redução de aproximadamente 30% no estoque de sangue, cuja situação é vivenciada em todos os hemocentros brasileiros.
Para a gerente de Captação de Doadores do Hemopa, a assistente social Juciara Farias, o resultado da campanha atendeu as expectativas. “Agradecemos a todos aqueles que direta ou indiretamente contribuíram com a vida, doando sangue; ou que ainda sensibilizaram outras pessoas para exercitar esse ato solidário e de amor ao próximo”, comentou.

Hemopa debate reações transfusionais

Levando-se em consideração a significante adesão ao Projeto de Educação Continuada em Hemovigilância”, que promoveu curso no dia 19/11, a Fundação Hemopa realizou Oficina de Reações Transfusionais, na manha de hoje, 01/12, de 9h às 12h, que complementará o projeto acima citado. O evento está sendo coordenado pela Gerência de Hemovigilância e Supervisão (GEHES), através da dra.Shirley Oliveira e dos enfermeiros Rubenilson Valois e Ana Amélia Gonçalves.
Foto:Dra.Ana Luiza, da Coordenação de Apoio Técnico (CATEC)

Certificação confraterniza sevidores

A presidente da Fundação Hemopa convida todos os funcionários para participarem da solenidade de Certificação do Hemocentro pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), no próximo dia 07/12, a partir das 21h, na sede Campestre da Assembléia Paraense.Na oportunidade, também será realizada festa de confraternização dos funcionários da hemorrede.
O Hemopa fortifica-se a cada reconhecimento da excelência do modelo de gestão, que permite o aprimoramento contínuo de seus processos e suas práticas, destacando-se como único hemocentro brasileiro a alcançar esse patamar. Isso significa mais agilidade e qualidade de seu produto final: a vida.
Participe dessa festa

INÍCIO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DO HEMOPA

Será nesta terça-feira, dia 02/12, às 18h, no auditório da Universidade Federal do Pará (UEPA), aula inaugural do I Módulo do Curso de Especialização em Hemoterapia. A etapa será cumprida de 02 a 04/12, de 8h às 13h , e 17h às 22h.Mais informações nna UEPA. As aulas serão efetivadas na sala 42/Bloco D-CCBS/UEPA.