sexta-feira, 28 de maio de 2010

Hemopa Capanema convoca população para suas campanhas

O Núcleo de Hemoterapia de Capanema desenvolverá duas importantes campanhas no mês de junho. A primeira será referente às comemorações de “Corpus Christi”, de 07 a 11/06. Dando continuidade as ações, no período de 13 a 30/06, a unidade realizará ação estratégica alusiva à Copa do mundo. Além da doação voluntária de sangue, nas duas campanhas haverá ainda cadastramento de doadores de medula óssea. Na primeira mobilização a meta será de 50 coletas e 10 cadastros. Na segunda campanha será de 150 doações e 50 novos cadastros.
Antecedendo as campanhas, nos dias 02 e 03, funcionários do núcleo participarão da confecção do tapete decorado por onde passará a procissão de Corpus Christi”, onde constará de mensagem sobre doação de sangue.
Segundo a assistente social Luiza Helena, a programação da campanha de Corpus Christi contará com distribuição de preservativos, informações e orientações sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST´s) e AIDS, música ambiente na recepção de doadores e oferta de lanche especial.
“Brasileiro de coração doa sangue”.É o tema da campanha da copa que terá abertura oficial no dia 13, de 17h às 21, com show de cantores locais, na Praça Magalhães Barata. Durante o período da mobilização de Corpus Christi, haverá ainda distribuição de camisetas , folder com orientações sobre o processo e tabela dos jogos da copa, adesivo.
Ambas mobilizações contarão com a parceria da Secretaria Municipal de Cultura, Clube de Diretores Lojistas (CDL), 4º CRS, SMS Capanema, Bonito, Tracuateua, primavera, Santarém Novo e Agências Transfusionais de Bragança e Salinópolis.
Além de Capanema, a campanha da copa será desenvolvida no hemocentro coordenador de Belém e nos Hemocentros Regionais de Castanhal, Marabá e Santarém; e nos Núcleos de Hemoterapia de Abaetetuba,Altamira, Tucuruí e Redenção
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos é um doador em potencial. Necessário portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada três meses e a mulher a cada dois meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado.O Hemopa Capanema espera por você de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h, na Rodovia PA 242, KM 0, S/N, bairro São Cristóvão. Mais informações pelo fone: (19)3262.2329.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Mães atendem apelo de campanha em Abaetetuba

Bastante movimentada, a campanha de incentivo à doação de sangue alusiva ao Dia das Mães, promovida pelo Núcleo de Hemoterapia de Abaetetuba, no período de 03 a 07/05, superou a meta de 100 coletas com 130 comparecimentos. A ação contou com a parceria do Núcleo Educacional de Abaetetuba (NEA), que é uma escola profissionalizante de relevância no município. A direção do estabelecimento encaminhou alunos do curso para colaborar com a mobilização.
Durante toda a ação, houve vasta programação para homenagear as mães doadoras. Elas receberam camisetas alusivas à data, distribuição de brindes e sorteio de uma cesta de Café da Manhã. Tudo doado por instituições parceiras.Paralelamente, no dia 03, o gerente da unidade, dr. Elias Serruya, prestou homenagem à sua equipe feminina de mães, ofertando delicioso café da manhã.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis,Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Hemopa de Abaetetuba espera por você na Tv. Santos Dumont, S/N, bairro de São Lourenço. Mais informações: 3751.4458.

terça-feira, 25 de maio de 2010

NH Abaetetuba lança campanha da Copa

Em sintonia com o Hemocentro Coordenador, o Núcleo de Hemoterapia (NH) de Abaetetuba, gerenciado pelo médico Elias Serruya, deslanchará campanha de doação de sangue da Copa do Mundo, no período de 07 a 11/06. A meta será de 200 coletas para reforçar estoque técnico da unidade.
Durante a ação estratégica haverá distribuição de folder com calendário e orientações sobre o processo, camiseta, adesivo e lanche especial. A mobilização contará com apoio do Rotary Club, 6ª Regional de Proteção Social, NEA e a mídia local.
Com a responsabilidade de assegurar não apenas o atendimento transfusional do município, a unidade também garante atendimento para mais sete localidades da região, que corresponde ao fracionamento de uma média mensal de 240 doações voluntárias de sangue.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença da Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Hemopa de Abaeté espera por você na Tv. Santos Dumont, S/N, bairro de São Lourenço. Funcionamento para coleta de sangue: de segunda a sexta-feira, de 8h às 13h.Mais informações: 3751.4458.
Foto: Doador colaborando com campanha em Abaetetuba.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Campanha da Copa convoca doadores de sangue

Está em contagem regressiva o início da campanha de doação de sangue da Copa do Mundo, de 9 a 19/06. O evento, em Belém, contará com lançamento da campanha no dia 08, em parceria com o Grupo RBA, que realizará entrevistas, chamadas ao vivo e campanha externa com as duas unidades móveis, de 8h às 16h, ao lado do prédio da emissora. A ação estratégica será deslanchada nos Hemocentros regionais de castanhal, Marabá e Santarém; e nos Núcleos de Hemoterapia de Abaetetuba, Altamira, Tucuruí, redenção e Capanema. Cada unidade com programação e datas específicas.
Em comum, haverá distribuição de camisetas, adesivos, folder com calendário dos jogos da copa, afixação de banner, outdoor. As peças publicitárias estão como fotos da “seleção de campeões do Hemopa”, que são doadores reais, em alusão a seleção brasileira de futebol.
No Hemocentro Regional de Marabá, gerenciado pelo dr. Fernando Monteiro, a campanha se dará de 14 a 18 de junho e de 21 a 25 de junho. A meta é de 450 coletas de bolsas de sangue e 100 novas inscrições no Registro de Doadores de Medula Óssea (REDOME).
No Hemocentro Regional de Castanhal, sob a gerência da dra. Sandra Lobato, a ação estratégica será de 09 a 19/06. A meta é de 500 doações de sangue. Esta unidade tem a responsabilidade de garantir atendimento para 38 municípios que compõe a hemoárea.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e peso acima de 50 quilos é um doador em potencial. O candidato deve estar bem alimentado. É necessário apresentar documento oficial original e com foto. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado. O Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 08002808118 ou pelo site: http://www.hemopa.pa.gov.br/.
Foto: Doadores reais que aceitaram o convite para participar da campanha, sem cobrança de cachê.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Processo Seletivo para Estágio no Hemopa

A Fundação Hemopa abriu inscrições para processo seletivo para bolsa de estágio na área de saúde, de 17 a 21 deste mês. A seleção dos candidatos será realizada no período de 24/05 a 02/06. O resultado será divulgado no dia 08/07. O processo seletivo tem seu público alvo em estudantes dos cursos de Medicina, Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Odontologia e Assistente Social. São 20 vagas, sendo que duas para Hemopa Marabá e uma para Hemopa Santarém. Maiores informações: 32429100/R- 361, de segunda a sexta-feira de 8h às 14h.
Edital na ìntegra:
EDITAL Nº 000/2010

Núcleo de Ensino e Pesquisa
Seleção para Bolsa Estágio da área da Saúde da Fundação HEMOPA

A Presidência da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará – HEMOPA torna público que se encontram abertas as inscrições para o processo de Seleção para Bolsa Estágio da área da Saúde da Fundação HEMOPA que será realizado no período de 17 a 21 de maio de 2010.

I - O presente edital regulamenta a organização e atividades do processo de Seleção para Bolsa Estágio da área da Saúde da Fundação HEMOPA, no Núcleo de Ensino e Pesquisa da Fundação HEMOPA.

II - DO PROCESSO SELETIVO

2.1 OBJETIVOS
Treinar e capacitar, na forma de estágio remunerado, discentes graduandos da Área de Saúde, regularmente cursando e matriculados em Instituições de Ensino Superior Públicas e Privadas do Estado do Pará, nas áreas de hematologia e/ou hemoterapia (ciclo do sangue) objetivando a qualidade de assistência ao doador e ao paciente portador de doença hematológica.

2.2 ESTRUTURA DO PROCESSO DE ESTÁGIO

O processo de Estágio com direito a Bolsa Estágio da área da Saúde da Fundação HEMOPA é uma ação realizada em modalidade de ensino presencial e diário. E segundo a forma da Lei Estadual N° 6.573, DE 12 DE AGOSTO DE 2003, em seu Art. 11. determina que o estagiário cumprirá quatro horas diárias, totalizando vinte horas semanais, no horário normal de funcionamento do órgão, sem prejuízo de suas atividades discentes. E em seu Parágrafo único determina que a freqüência será registrada para efeito de controle e avaliação do discente. No que tange ainda na forma da Lei, a duração do estágio (Art. 10) fica estabelecido que será determinada pelo órgão onde deverá atuar o estagiário, tendo em vista a especialização profissional e a conveniência da administração, observado o limite mínimo de seis meses e o máximo de um ano. Onde em seu Parágrafo único fica determinado que a administração poderá, por conveniência e a qualquer momento, rescindir o contrato celebrado para fins de estágio. E segundo do Art. 12 da mesma lei que findo o período máximo de estágio previsto no art. 9° desta Lei, é vedada a recondução do estagiário, ainda que o novo estágio se realize em outro órgão da administração estadual direta, autárquica e fundacional; e segundo o seu Art. 13 os estagiários de que trata esta Lei não terão, para qualquer efeito, vínculo empregatício com os órgãos integrantes do Poder Executivo Estadual, inclusive suas autarquias e fundações, onde se realizar o estágio.

2.3. DA CLIENTELA
Será constituída por estudantes de áreas de interesse para a Fundação HEMOPA como Medicina, Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Odontologia e Assistência Social.
2.4. DAS VAGAS
2.4.1 Serão oferecidas 20 (vinte) vagas a serem preenchidas por meio de processo seletivo único para estudantes de Medicina, Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Odontologia e Assistência Social de Instituições de Ensino Superior, Públicas e Privadas, do Estado do Pará. Segundo o Anexo I que trata da distribuição e numero de vagas por categoria discente.


III - DAS INSCRIÇÕES

3.1. Período e Local
3.1.1. No período de 17 a 21 de maio de 2010, no horário das 8h às 13h, os candidatos deverão procurar os seguintes locais para inscrição:
3.1.1.1. Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEPES) da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará HEMOPA, em Belém, sito à Trav. Pe. Eutíquio, 2109, Batista Campos - 66033-000 -Belém - PA – Brasil Fone/Fax: (91) 3242-9100 Ramal 361;
3.1.1.2. Hemocentro regional de Santarém sito à Av. Frei Vicente, S/N. Entre Alameda 30 e alameda 31. Bairro: Aeroporto Velho CEP: 68.040-040 Fone: (93) 3522.7763 / 3522.1448 / 3522.1143;
3.1.1.3. Hemocentro regional de Marabá situada sito à Rod. Transamazônica, Quadra 12, S/N. Entre Av. Hiléia e Av. Amazônia. Bairro: Amapá CEP: 68.502-290 Fone: (94) 3324.1645 / 3324.1810

3.2 Procedimentos para solicitação de inscrição:
a. Curriculum vitae acompanhado da cópia dos comprovantes relacionados, histórico escolar e carta demonstrando o por que do interesse em realizar estágio na Fundação HEMOPA;
b. Original e Cópia legível do anverso e verso do comprovante de matricula do semestre que esta sendo cursado pelo discente em curso de graduação em instituições de Ensino Superior autorizadas ou reconhecidas pelo Ministério da Educação e Cultura, Públicas ou Privadas;
c. Original e Cópia legível do documento de identidade emitido por instituição pública e CPF.
d. Original e Cópia legível de Comprovante de Residência;
e. Declaração pessoal de não estar estagiando em outro lugar, seja público ou privado.
f. Declaração pessoal de não possuir renda própria.
3.3 Não serão acatados pedidos de solicitação de inscrição condicional, extemporânea ou que não cumprir as normas pertinentes.
3.4 Não serão aceitas inscrições via fax ou correio, por terceiros ou mesmo correio eletrônico.
3.5 Serão considerados documentos de identidade as carteiras e/ou cédulas de identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança, Forças Armadas, Ministério das Relações Exteriores ou pelas Polícias Militares e a Carteira Nacional de Habilitação (novo modelo), Passaporte, Carteira de Trabalho e Previdência Social, desde que possuam fotografia.
3.6 Não serão aceitos como identidade documentos ilegíveis, não identificáveis ou danificados.
3.7 Todos os documentos encaminhados para solicitação de inscrição pelos candidatos que não forem classificados serão devolvidos no prazo de até 90 dias após a matrícula dos classificados no mesmo local de inscrição e, caso não sejam reclamados neste período serão descartados.
3.8 A inscrição só será considerada válida se estiver de acordo com este Edital e legislações pertinentes.


IV - DO PROCESSO SELETIVO
4.1. O processo de seleção dos candidatos inscritos será efetivado pela Gerencia do Núcleo de Ensino e Pesquisa juntamento com o Assessor Jurídico da Fundação HEMOPA, ou profissional por ele derterminado, segundo os seguintes critérios previstos na Lei Estadual N° 6.573, DE 12 DE AGOSTO DE 2003, em seu Art. 8°:
4.1.1. estar o estudante regularmente matriculado nos estabelecimentos de ensino em nível de graduação oficiais ou reconhecidos;
4.1.2. o candidato deverá apresentar declaração informando não possuir renda própria e de não estar estagiando em outro lugar, seja público ou privado, sujeito as penas da lei;
4.1.3. o candidato portado de deficiência deverá apresentar laudo informando a qual deficiência o mesmo é portador, conforme os casos previstos na lei vigente sobre a matéria;
4.1.4. excepcionalmente poderão ser admitidos estagiários com renda própria, desde que sem remuneração pelo estágio cumprido, isto é, sem direito a bolsa de estágio;
4.1.5. reservam-se trinta porcento das vagas de estágios aos filhos dos servidores públicos estaduais, desde que cumpram as exigências desta Lei;
4.1.6. O estágio de estudantes de estabelecimentos de ensino em nível de graduação, oficiais ou reconhecidos, será concedido prioritariamente a estudantes da rede pública e obedecerá às normas estabelecidas na Lei Estadual N° 6.573 em seu Art. 1º.
4.1.7. reservar-se-á o percentual mínimo de quinze porcento das vagas para as pessoas portadoras de deficiência, de acordo com o disposto na Constituição Federal e demais legislações pertinentes.
4.1.8. estar cursando o semestre ou ano de interesse determinado pela Fundação HEMOPA segundo o Anexo I para cada categoria.
4.1.9. maior pontuação no currículo (maior coeficiente de rendimento escolar, interesse demonstrado na carta de intenções, ter participado de projeto de pesquisa com bolsa de iniciação científica ou extensão, publicação de resumos em congressos ou artigos científicos em revistas científicas, estágio voluntário ou monitoria na área ou área afim).

4.2. DA ETAPA, DESEMPATE E CLASSIFICAÇÃO
4.2.1. Em caso de empate para o preenchimento das vagas, os critérios a serem utilizados na ordem disposta são:
a. maior idade;
b. não ter renda própria;
c. ser filho de servidor público estadual;
d. ser estudantes da rede pública estadual ou federal.
e. ser portador de deficiência.


V - DO CRONOGRAMA

ATIVIDADES
LOCAL
DATA
HORA
ENVOLVIDOS
Solicitação de inscrição ao Processo Seletivo
HEMOPA
17 a 21/05
08h00-13h00
NEPES / HEMOPA
Seleção
HEMOPA
24/05 a 02/06

Gerencia do Núcleo de Ensino e Pesquisa e o Assessor Jurídico da Fundação HEMOPA
Divulgação do Resultado Final
Quadros de avisos das Unidades do HEMOPA envolvidas
Até 08/07
13h00
NEPES / HEMOPA
Matrícula
SEAD


NEPES / HEMOPA / SEAD
VI - DA MATRÍCULA
6.1 Os candidatos selecionados deverão providenciar e fornecer, no ato da matrícula, o que se segue:
- 2 fotos 3x4
- Histórico Escolar;
- Declaração informando que o estudante está regularmente matriculado;
- Declaração informando se o estágio é obrigatório ou não obrigatório
- Declaração informando que professor ficará responsável pelo acompanhamento do estagiário.
- RG (cópia);
- CPF (cópia);
- Comprovante de Residência;
- Curriculum Vitae.
- Declaração de não estar estagiando em outro lugar, seja público ou privado.


VII - DO VALOR DA BOLSA ESTÁGIO
Segundo o que determina a INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001 , de 28 de maio de 2008, e CONSIDERANDO o disposto no art.5º, § 1º, da lei nº. 6.573, de 12 de agosto de 2003, em seu Art.1º determina fixar o valor da bolsa-estágio para nível superior em R$ 327,63 (trezentos e vinte e sete reais e sessenta e três centavos).


VIII - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
10.1 Os casos omissos neste edital deverão ser observados segundo o estabelecido no Regimento de Estágio da Fundação HEMOPA ou definidos pelo Gerente do Núcleo de Ensino e Pesquisa da Fundação HEMOPA.
Belém, 12 de maio de 2010.

Dra Fátima Pombo Montoril
Presidente da FuNdação HEMOPA



GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ
SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PUBLICA
FUNDAÇÃO CENTRO DE HEMOTERAPIA E HEMATOLOGIA DO PARÁ – FUNDAÇÃO HEMOPA

DISPONIBILIDADE DE ESTAGIÁRIOS – Data: / /____


ÁREA DE FORMAÇÃO


QUANTITATIVO


SETOR

ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS
BIOMEDICINA
Cursando o 5º semestre
04
Hemocentro Coordenador (Belém)
Coleta de sangue, exames de hematologia e Citometria de Fluxo; HLA, Biologia Molecular e Citogenética; Sorologia; ou Imunohematologia, triagem de doadores, distribuição e fracionamento do sangue.
FARMÁCIA
Cursando no mínimo o 5º semestre
02
Hemocentro Coordenador (Belém)
Dispensação de Medicamentos; Coleta de Sangue, exames de hematologia e citometria de fluxo; HLA, biologia molecular e citogenética; sorologia ou imunohematologia.
MEDICINA
Cursando no mínimo o 3º semestre
02
Hemocentro Coordenador (Belém)
Processo Seletivo para Estágio no Hemopa

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Igreja Adventista com Vida por Vidas

A partir deste sábado, 15 até o dia 19, a Igreja Adventista do 7º Dia de Belém promoverá a “Semana de Impacto”, para coleta voluntária de sangue e cadastramento de doadores de medula óssea, no estádio do Baenão, de 9h às 18h, envolvendo todos os pólos da igreja. A ação faz parte do projeto “Vida por Vidas’, que percorreu oito países da América do Sul e já conseguiu a adesão de mais de 300 mil pessoas. No Pará, a Fundação Hemopa participou da primeira campanha em 2005, ano de lançamento do projeto no Brasil. A meta da campanha é de 120 bolsas de sangue e 100 cadastros de medula por dia.
Hoje, esse projeto é reconhecido e elogiado por diversas autoridades governamentais, ONG´s e até pela Organização das Nações Unidas (ONU), tornando-se em uma das maiores mobilizações de estímulo à doação de sangue e cadastro de medula do mundo, com coletas trimestrais para manter a regularidade dos doadores, visando suprir a demanda dos estoque de sangue dos hemocentros brasileiros, através da estabelecimento do hábito de doar sangue, além de aguçar a conscientização do cidadão. O mote da campanha é: “Não falta sangue, faltam pessoas. Falta você’”.
Segundo a titular da Gerência de Captação de Doadores (GECAD), a assistente social Juciara Farias, paralelamente às campanhas externas, os doadores enviados pela igreja também poderão doar na sede do hemocentro onde haverá código específico para que seja computado o número de coletas e de cadastros. Para ela, a iniciativa da Igreja Adventista é um exemplo de cidadania e responsabilidade social que deve servir de exemplo para todos os segmentos sociais.
“A composição de parceria é indispensável para o êxito de qualquer ação, especialmente, aquelas voltadas para a melhoria da saúde e do bem estar coletivo”, destacou, agradecendo o apoio à causa da doação voluntária de sangue e cadastro de medula óssea, que beneficiará milhares de pacientes que dependem desse ato solidário para sobreviver.
A programação da “Semana de Impacto” contará com diversas ações, entre elas, “Pedágio da Esperança” com a distribuição de sacolas de lixo para automóveis; carreata com 10 mil jovens pelas principais ruas da cidade; “Esperança para Idosos” com distribuição de rosas, folhetos, revistas e sorrisos em asilos; “Sementes de Esperança” com distribuição de 30 mil mudas de árvores por estudantes adventistas.
Quem pode doar sangue
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e peso acima de 50 quilos. É necessário portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado.
O Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 08002808118 ou pelo site: www.hemopa.pa.gov.br

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Mulheres atendem apelo de campanha

A Fundação Hemopa agradece todas as pessoas, especialmente, às mulheres que compareceram durante campanha em homenagem ao Dia das Mães, realizada nos dias 07 e 08 deste mês, que rendeu um total de 377 participações, superando a meta de 150 coletas/dia. A atuação feminina foi de 25% no primeiro dia e 41%, no segundo.
No primeiro dia de mobilização, houve apresentação do Coral do Hemopa, bailarinos da academia de dança “Clara Pinto”, da cantora Jade e do grupo de Dança Marluce. Profissionais do ambulatório de Nutrição do Centro de Ensino Superior do Pará (CESUPA), também colaboraram com a campanha repassando orientações sobre saúde e alimentação saudável às doadoras. No dia 08, teve sessão de cuidados com a pele e orientações sobre maquiagem, em parceria com a empresa Mary Kay.
Bastante satisfeita com o saldo da campanha, a gerente de Captação de Doadores do Hemopa, a assistente social Juciara Farias, agradeceu os doadores e doadoras. “O Hemopa e seus usuários só tem a agradecer a solidariedade dessas pessoas que atendem nosso apelo e salvam vidas, anonimamente”, destacou.
Ela adiantou que a próxima ação estratégica do hemocentro será em junho, referente a Copa do Mundo. “Brasileiro de coração, doa sangue”. É o tema da campanha que vai reforçar estoque técnico de sangue.Entre as peças publicitárias produzidas, destacamos o panfleto com orientações sobre a doação que traz a tabela dos jogos da copa, além de camiseta e lanche especial. A meta será de 300 coletas/dia.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e peso acima de 50 quilos é um doador em potencial. O candidato deve estar bem alimentado. É necessário apresentar documento oficial original e com foto. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado.
O Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às .
Fotos: 1- O ex-doador e atual colaborador Oswaldo Bellarmino que generosamente doou as cestas para sorteio às doadoras. Foto 2- Grupo de Dança Clara Pinto.Foto 3- Sala de coleta lotada.

Projeto Adventista promove mega campanha solidária

A partir desta sexta-feira, 15 até o dia 19, a Igreja Adventista do 7º Dia de Belém promoverá a “Semana de Impacto”, para coleta voluntária de sangue e cadastramento de doadores de medula óssea, no estádio do Baenão, de 9h às 18h, envolvendo todos os pólos da igreja. A ação faz parte do projeto “Vida por Vidas’, que percorreu oito países da América do Sul e já conseguiu a adesão de mais de 300 mil pessoas. No Pará, a Fundação Hemopa participou da primeira campanha em 2005, ano de lançamento do projeto no Brasil. A meta da campanha é de 120 bolsas de sangue e 100 cadastros de medula por dia.
Hoje, esse projeto é reconhecido e elogiado por diversas autoridades governamentais, ONG´s e até pela Organização das Nações Unidas (ONU), tornando-se em uma das maiores mobilizações de estímulo à doação de sangue e cadastro de medula do mundo, com coletas trimestrais para manter a regularidade dos doadores, visando suprir a demanda dos estoque de sangue dos hemocentros brasileiros, através da estabelecimento do hábito de doar sangue, além de aguçar a conscientização do cidadão. O mote da campanha é: “Não falta sangue, faltam pessoas. Falta você’”.
Segundo a titular da Gerência de Captação de Doadores (GECAD), a assistente social Juciara Farias, paralelamente às campanhas externas, os doadores enviados pela igreja também poderão doar na sede do hemocentro onde haverá código específico para que seja computado o número de coletas e de cadastros. Para ela, a iniciativa da Igreja Adventista é um exemplo de cidadania e responsabilidade social que deve servir de exemplo para todos os segmentos sociais.
“A composição de parceria é indispensável para o êxito de qualquer ação, especialmente, aquelas voltadas para a melhoria da saúde e do bem estar coletivo”, destacou, agradecendo o apoio à causa da doação voluntária de sangue e cadastro de medula óssea, que beneficiará milhares de pacientes que dependem desse ato solidário para sobreviver.
A programação da “Semana de Impacto” contará com diversas ações, entre elas, “Pedágio da Esperança” com a distribuição de sacolas de lixo para automóveis; carreata com 10 mil jovens pelas principais ruas da cidade; “Esperança para Idosos” com distribuição de rosas, folhetos, revistas e sorrisos em asilos; “Sementes de Esperança” com distribuição de 30 mil mudas de árvores por estudantes adventistas.
Quem pode doar sangue
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e peso acima de 50 quilos. É necessário portar documento de identidade.Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado.
O Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 08002808118 ou pelo site: www.hemopa.pa.gov.br

terça-feira, 11 de maio de 2010

Parabéns, aos profissionais da Enfermagem

A Fundação Hemopa parabeniza todos os profissionais de Enfermagem de seu quadro funcional, pela passagem da comemoração pelo dia da categoria, homenageada nesta quarta-feira, 12, que muito contribui com sua dedicação e cuidado para o crescimento da instituição.

Gente do Hemopa

Muito Estimada entre colegas de trabalho, a agente de artes práticas do Núcleo de Hemoterapia de Capanema, Maria do Socorro Oliveira da Silva, 43 anos atua com a preparação e manutenção dos alimentos, e atenção aos doadores antes e depois da coleta. “É muito gratificante tratar com pessoas de espírito solidário e de amor ao próximo”, comentou, ressaltando que gostar do que faz, ouvir e respeitar a opinião dos outros são alguns de seus segredos para o melhor convívio.
Muito dedicada à atividade que desenvolve, Maria do Socorro diz que é necessário ter noções de higiene, atenção, agilidade, ter cuidado com a manipulação dos alimentos para realizar as tarefas com qualidade em atenção aos doadores de sangue. Aos colegas de trabalho, ela deseja que todos continuem atuando com responsabilidade e amizade para que o ambiente sempre seja alegre e saudável.Maria do Socorro não esquece de agradecer a direção da unidade e manda um recado aos doadores : “Vocês são heróis que salvam vidas, doando sangue.Parabéns!”.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Parcerias incrementam estoque do HENAB

Em abril, o Hemopa de Abaetetuba incrementou suas ações para reforçar estoque técnico de sangue com a promoção de campanhas de doação em parceria com o Centro Educacional Genoma e Tiro de Guerra, no período de 06 a 08, que somou 99 comparecimentos. No dia 18, foi a vez de ação estratégica com a Igreja Adventista do 7º Dia, através do projeto “Vida por Vidas”, que realizou passeata pelas principais ruas da cidade, com o objetivo de incentivar o ato solidário na população potencialmente doadora de sangue, especialmente no segmento jovem, que resultou em 60 candidatos à doação.Segundo a assistente social do Hemonúcleo de Abaetetuba (HENAB), Marléa de Nazaré Dias Sobrinho, o projeto da Igreja Adventista tem projeção mundial e já percorreu oito paises da América do Sul. Criado em 2005, a mobilização já foi alvo de premiação, em 2006, pela Organização Mundial de Saúde (OMS). “Este é o terceiro ano que a Campanha Vida por Vidas é realizada em Abaetetuba”, comentou, ressaltando que a mobilização já conseguiu a adesão de mais de 300 mil voluntários. Ela finalizou agradecendo o apoio dos adventistas de todo o mundo.

Parabéns, Ana Suely

Foi bastante concorrida a solenidade de entrega do título de “Farmacêutica do Ano de 2009”, à funcionária da Fundação Hemopa, Ana Suely Saraiva, na noite do dia 24/04, na sede social da Assembléia Paraense, às 20h. A escolha, por unanimidade, decorreu da reunião de plenária do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Pará (CRF/PA), que considerou os relevantes serviços prestados por Ana Suely à classe, tanto no exercício das funções, como no relacionamento com seus colegas.A presidente da Fundação Hemopa, dra. Maria de Fátima Pombo Montoril, parabeniza Ana Suely Saraiva pela comenda recebida. “Ela merece por sua dedicação e profissionalismo”, observou.

Hemopa convoca mulheres para aumentar doações

Uma vasta programação está sendo elaborada para o desenvolvimento da campanha de incentivo à doação de sangue alusiva ao Dia das Mães, nesta sexta e sábado, 7 e 8, na sede da Fundação Hemopa. A ação estratégica tem a finalidade de elevar a participação feminina no processo da doação voluntária de sangue no Estado do Pará que atualmente é de 24,4%. A atuação das mulheres está aumentando gradativamente, mas precisa melhorar e atingir 30% como determina o Ministério da Saúde (MS). A meta é de 150 coletas/dia.
Durante a campanha, cujo tema é “Mãe, exemplo de doação. Doe sangue” haverá distribuição de camisetas e lanche especial. No primeiro dia de mobilização, a programação contará com apresentação do Coral do Hemopa, bailarinos da academia de dança “Clara Pinto”, da cantora Jade e do grupo de Dança Marluce. Haverá ainda, a presença de profissionais do ambulatório de Nutrição do Centro de Ensino Superior do Pará (CESUPA), que repassarão orientações sobre saúde e alimentação saudável às doadoras. No dia 08, haverá sessão de cuidados com a pele e orientações sobre maquiagem, em parceria com a empresa Mary Kay.
A expectativa da organização da campanha, a Gerência de Captação de Doadores (GECAD), é bastante otimista e aposta na superação da meta de coletas de bolsas de sangue. Para a titular do setor, a assistente social Juciara Farias repercussão da mobilização do segmento feminino sempre é muito positiva. “As mulheres sempre atendem nosso apelo. Por isso, a participação feminina vem aumentando. Tenho certeza que até final deste ano atingiremos a meta de 30% do MS”, observou, lembrando que a mulher tem as mesmas condições para doar sangue que o homem. Elas só não podem doar durante a gravidez e amamentação. “É bom lembrar que na sexta-feira, a coleta será de 7h30 às 18h, e no sábado a coleta se estenderá até às 17h, ineditamente”, destacou Juciara Farias.
Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e peso acima de 50 quilos é um doador em potencial. O candidato deve estar bem alimentado. É necessário apresentar documento oficial original e com foto. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. Para doar sangue não é preciso estar em jejum. O doador deve estar bem alimentado.
O Hemopa espera por você na travessa Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 12h30. Maiores informações pelo fone: 08002808118 ou pelo site: www.hemopa.pa.gov.br

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Canecas para evitar desperdícios

Durante a Semana da Saúde, promovida pela Fundação Hemopa, através do Serviço de Assistência à Saúde do Servidor (SASS), foi realizada vasta programação educativa, recretaiva e orientações sobre saúde e alimentação. No encerramento do evento, houve distribuição de canecas com a logo do Hemopa e uma mensagem de incentivo à preservação do meio ambiente, para que as mesmas sejam usadas pelos servidores no local de trabalho e reduzir a produção de resíduos com descartáveis, que deve diminuir em torno de 40% a 50%. Viva o meio ambiente. Use sua caneca no local de trabalho, preserve o meio ambiente e evite desperdícios.

Curso de especialização-UFPA

A Universidade Federal do Pará- UFPA, publicou o edital do Curso de Especialização: “Políticas Públicas e Serviço Social”, que faz parte do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social- PPGSS. O curso tem duração de 16 meses, com início previsto para dia 24 deste mês. As aulas acontecerão nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h às 21h30. O valor do investimento é de R$ 255,00, parcelada em 16 vezes. As inscrições iniciaram dia 29 de abril e vão até 21 de maio de 2010. Maiores informações: (91) 3201 8632.

Pós-graduação IEPS

O Instituto de Ensino e Pesquisa em Psicologia e Saúde (IEPS), em parceria com Escola de Ensino Superior da Amazonia (ESAMAZ), lança a primeira turma do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Multiprofissional em Abordagem Integral na Atenção Oncológica, que tem como objetivo a pesquisa e extensão para capacitação profissional em oncologia, com base nos princípios da integralidade, promovendo o conhecimento técnico científico e a atuação dos diferentes níveis da área da oncologia. Mais informações pelos fones: 3276-9021/ 8136-5323/ 8836-0588, e-mail: ieps-pa@ibest.com.br, ou acesse o site: www.ieps-pa.com.