quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

FELIZ ANO NOVO


“O nosso caminho é feito pelos nossos próprios passos. Mas a beleza da caminhada depende dos que vão conosco! Assim, neste NOVO ANO que se inicia, possamos caminhar juntos em busca de um mundo melhor, cheio de paz, saúde e muito amor”.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Coleta de sangue


A Fundação Hemopa informa à população que não funcionará para coleta de sangue no próximo dia 31. Por isso, convoca voluntários doação nos dias que antecedem a referida data, para restaurar estoque de sangue do hemocenbtro que vem enfrentando redução de 12% no número de cletas. Para os que vão se deslocar para o interior do Estado, podem exercitar o ato solidário nos municípios de Abaetetuba, Altamira, Tucurui, Castanhal, Santarém, Marabá, Redenção e Capanema.
Quem pode doar sangue: candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos. Peso acima de 50 kg . Necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. O doador deve estar bem alimentado.
Quem pode fazer cadastro de doação de medula óssea: Homem ou mulher saudáveis e com faixa etária de 18 a 55 anos. Necessário portar documento de identidade original e com foto
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Baixa no estoque de sangue

Estoque de sangue da Fundação Hemopa está em declínio com a redução de 12% das coletas de sangue, em comparação ao mesmo período do ano passado, ou seja,de 01 a 23/12. Na manhã desta segunda-feira (06), a disponibilidade de bolsas de sangue é de 24 de A Positivo; seis de A Negativo; 12 de O Negativo; 35 de B Positivo; apenas duas de B Negativo; 10 de AB Positivo ; e uma de AB Negativo. Somente o O Positivo tem 230, mas o número de solicitações para este tipo de sangue é muito significativo.

Diante da situação, a direção do hemocentro convoca a população para doar sangue e colaborar para restauração do estoque de sangue, cujo atendimento da demanda transfusional pode ser comprometido com a evasão de doadores, que atinge não apenas o Pará, como também a hemorrede brasileira, em função da aproximidade dos festejos de final de ano.

Para a gerente interina da Captação de Doadores do Hemopa, a assistente social Lilian Bouth, a situação tende a piorar com o feriadão do final de ano, quando normalmente as pessoas viajam ou saem de férias. “Quem se deslocar de Belém pode salvar vidas com a doação de sangue ponde houver unidade do Hemopa no interior do Estado”, sugeriu, apontando os municípios de Abatetuba, Altamira, Tucuruí, Santarém, Marabá, Castanhal, Redenção e Capanema como pontos de coletas. Ela também ressaltou que o hemocentro coordenador de Belém não funcionará para coleta de sangue somente no dia 31. “Então, antes de viajar, passe no Hemopa e contribua para que muitas pessoas possam entrar o Ano Novo com a renovação da esperança de uma vida bem melhor”, concluiu.

Quem pode doarsangue:candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos. Peso acima de 50 kg . Necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. O doador deve estar bem alimentado.

Quem pode fazer cadastro de doação de medula óssea: Homem ou mulher saudáveis e com faixa etária de 18 a 55 anos. Necessário portar documento de identidade original e com foto

Serviço:O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118

Hemofílico paraense vence concurso nacional de redação

O paciente atendido pela Fundação Hemopa, Isaac Torres da Silva Júnior, 14 anos, foi o vencedor do concurso de redação promovido pela Federação Mundial de Hemofilia (FMH) com apoio da representação brasileira da entidade. Ele conquistou o primeiro lugar na categoria B, com participantes de idade entre 10 e 15 anos. O tema deste foi "Conte sua história", que lhe rendeu o prêmio de um aparelho MP5. Seis pacientes do Hemopa participaram do certame.
A FMH sugere anualmente um tema a ser trabalhado todas por todas as organizações nacionais, comemorado no dia 17 de abril.Esse temas são uma oportunidade para evidenciar a hemofilia e as demais coagulopatias no Brasil, visando maior visibilidade e melhorias no tratamento. O concurso foi dividido em categorias: A: participantes com idade entre seis e nove anos. B: com idade entre dez e quinze anos. C: com idade superior a dezesseis anos.Os primeiros colocados de cada categoria receberam, em suas residências, através dos correios, um prêmio enviado pela Federação Brasileira de Hemofilia (FBH).
A direção da Fundação Hemopa, através da Coordenadoria de Atendimento Ambulatorial (Coamb), parabeniza Isaac Torres. Segundo a gerente do Serviço Social de Pacientes (Geses), a assistente social Cristina Socorro Mendes, o concurso estimula o talento e a criatividades dos portadores de hemofilia. “Acreditamos que o próximo concurso contará com maior número de competidores do Pará”, aposta.
Atualmente o hemocentro presta assistência ativa para 346 portadores da doença, que têm atendimento especializado por uma equipe multidisciplinar composta por médicos, assistentes sociais, psicólogos, fisiatras, fisioterapuetas, odontólogos, enfermeiras e pedagogas, que garantem tratamento diferenciado e com excelentes índices de resultabilidade, assegurando melhor qualidade de vida aos pacientes e melhor orientação aos seus familiares.
Hemofilia
A Hemofilia é um distúrbio hereditário que se origina de um defeito da coagulação sangüínea, provocando sangramento. O corpo depois de uma lesão depende da coagulação do sangue para parar o sangramento. A coagulação normal previne as equimoses (manchas roxas) e o sangramento dentro dos músculos e articulações, que poderiam ser o resultado de pequenas lesões em consequência das atividades da vida diária. Isso depende de elementos do sangue que são chamados fatores de coagulação. Se um desses fatores não estiver presente em quantidade suficiente, pode acontecer um sangramento excessivo. O portador de hemofilia possui menor quantidade ou ausência de alguns fatores da coagulação.
A doença tem dois tipos mais comuns: o tipo A é a mais comum devido a deficiência Fator VIII (FVIII). A Hemofilia B ocorre em função de uma deficiência do Fator IX (FIX).
A doença afeta quase exclusivamente os homens e atinge todas as populações. É transmitido por mulheres que normalmente não possuem problemas de sangramento. Das desordens genéticas, a Hemofilia tem a maior taxa de mutações com aproximadamente 1/3 de novos casos em famílias sem registro anterior. A ocorrência é de um caso em cada 10 mil habitantes.
Os primeiros sintomas hemorrágicos da Hemofilia podem ser percebidos desde a infância, por exemplo, um pequeno traumatismo pode desencadear dor intensa, hematomas, episódios hemorrágicos nos músculos e articulações. Por ser uma doença hereditária relacionada ao cromossomo X, a Hemofilia é transmitida por um homem hemofílico ou por uma mulher portadora do gene com essa informação, aos seus descendentes.Mais informações:www.hemofiliabrasil.org.br.
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118
AVISO IMPORTANTE
A Fundação Hemopa informa a população em geral que nos dias 24 e 31/12, excepcionalmente não funcionará para coleta de sangue. Mais informações:08002808118.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Papai Noel entrega brinquedos e alimentos na festa do Hemopa

Centenas de crianças portadoras de patologias do sangue, atendidas pela Fundação Hemopa, lotaram o “Centrão”, da paróquia de Santo Antônio de Lisboa, nesta manhã de terça-feira (20). Durante festa de confraternização natalina que o hemocentro, através da Gerência de Serviço Social de Pacientes (Geses), realizou com distribuição de 995 brinquedos novos e 3.708 itens de alimentos não perecíveis que compuseram quase 300 cestas básicas.
A confeiteira Luciane Coutinho, 22, mãe da pequena Jennifer Coutinho , 7 anos, que desde os dois anos de idade, se trata no hemocentro, participaram da celebração natalina. “A celebração é muito importante para a Jennifer. São momentos como esses que fortalecem ainda mais os laços de mãe e filha”, disse a mãe da garota portadora de Púrpura Trombocitopêncica. Luciane parabenizou a todos e aproveitou a oportunidade para desejar a um feliz Natal.
A festa foi animada com a chegada do papai Noel que distribui os brinquedos com auxílio das técnicas da Geses. A programação foi animada com show do funcionário e cantor Jorginho Gomez; apresentação do coral de vozes do Hemopa, brincadeiras e muitas surpresas. A festa que começou ás 9h se estendeu até ás 12h. Sem disfarçar a satisfação pelo resultado geral do evento, a titular da Geses, a assistente social Cristina Socorro Mendes dos Santos agradeceu a contribuição de todos os colegas de trabalho. Segundo ela, a gincana deste ano, superou o número de doações em 2010, quando foram doados 481 brinquedos e 2.409 produtos alimentícios que formaram 200 cestas básicas.
Os produtos foram arrecadados até esta sexta-feira, 16. A ação tem o objetivo de estimular maior integração entre funcionários e usuários dos serviços de saúde. Assim como nos anos anteriores, a gincana envolveu as gerências do hemocentro coordenador de Belém, que incentiva a disputa solidária entre as áreas Técnica e Administrativa. Este ano, as equipes vencedoras da área técnica foram: 1º lugar a Gerência de Processamento (Gepro) e no 2º lugar a Gerência de Hematologia (Gehem). Da área administrativa os vencedores foram: 1º lugar com o Núcleo da Qualidade (NQ) e no 2º lugar os funcionários Gerência de Finanças (Gefin).
A presidente do Hemopa, da. Luciana Maradei agradeceu e parabenizou todos os envolvidos nessa disputa solidária. “É muito gratificante saber que vamos fazer um Natal sem fome e com muita alegria para centenas de pacientes carentes atendidos pela instituição, e ainda, crianças das comunidades do “Paraíso Verde” e “Pantanal”, que o Hemopa atende dentro do programa de responsabilidade social.

População confraterniza com o Hemopa

Foi um sucesso a festa de confraternização natalina que o Hemopa promoveu no último dia 16, a partir das 18h, no pátio da instituição, que lotou com a presença de funcionários, doadores, pacientes, familiares e a sociedade em geral. A ação foi coordenada pela Assessoria de Gestão de Pessoas (Agesp) com apoio de técnicos do Serviço de Atendimento à Saúde do Servidor (Sass).
A presidente do hemocentro, dra. Luciana Maradei, que esteve acompanhada pela alta administração, assessores e demais gerentes, prestigiou o evento. “Foi uma festa de união e maior interação com a sociedade. O Natal é um momento de pura reflexão. Estou muito feliz com o resultado do trabalho e empenho dos organizadores. Agradeço também a presença de todos. Parabéns e um Natal abençoado para toda a família paraense”, ressaltou.
O coral do Hemopa, que é regido por Taina Souza, abriu o Recital com o acompanhamento de Márcia Alivert, no violino e Rodolfo Santa, no piano. Em seguida, houve apresentação do coral do Hospital de Clínicas “Gaspar Viana”, sob a regência de André Tavares. O próximo a se apresentar foi o coral “Saúde e Vida”, da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, sob a regência de Reginaldo Santana. A Fundação Carlos Gomes, trouxe o coral “Flauta Doce do Sagrado Coração de Jesus”, regido por Terezinha Siqueira e coordenado por Reginaldo Viana, que é responsável pelo projeto “Música e Cidadania do “Carlos Gomes”.



Em seguida, a gerente do Serviço Social de Pacientes (Geses), Cristina Socorro Mendes dos Santos, aproveitou a oportunidade e divulgou o resultado da “Gincana Solidária”, que arrecadou 3.708 itens de alimentos não perecíveis e 955 brinquedos novos doados por servidores do hemocentro. A ação teve o objetivo de provocar maior integração entre funcionários e usuários dos serviços de saúde. Em 2010 foram doados 481 brinquedos e 2.409. Esse ano as equipes vencedoras da área técnica foram: 1º lugar- Gerência de Processamento (GEPRO) e no 2º lugar a Gerência de Hematologia (GEHEM). Da área administrativa os vencedores foram: 1º lugar- Núcleo da Qualidade (NQ) e no 2º lugar, a Gerência Finanças (GEFIN).
Por volta das 20h, cinco servidores do hemocentro que se aposentaram entre 2010 e 2011, receberam homenagem da instituição pela inestimável contribuição para a melhoria da saúde pública do Estado, com a prestação de seus serviços ao longo dos anos. São eles: os técnicos de enfermagem Antônio Donato, Maria Inês, Domingas Costa, Osvaldina Barros; e o agente de portaria João Cravo Valente. A homenagem foi conduzida pela coordenadora do projeto “Preparação para a aposentadoria”, assistente social Lurdes Almeida, que faz parte da equipe de Gestão de Pessoas/SASS.
Logo após, a servidora Adriana Estácio leu mensagem de Natal e apresentou o elenco do “Auto de Natal”, composto por servidores da instituição. A apresentação emocionou todos os presentes que aplaudiram a apresentação de pé.
Programação
A programação de confraternização do Hemopa foi de 14 a 16/12. O evento teve início dia 14, com confraternização dos servdiores, que contou com a presença maciça dos colegas de trabalho. Nos dias 15 e 16, houve “Feirinha de Artesanato”, com a comercialização de produtos confeccionados por funcionários e familiares. Às 10h, o hemocentro recebeu visita de filhos de servidores, que conheceram as instalações e tiveram oportunidade de saber da importância da atividade de seus pais na Fundação.
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118

Coral do Hemopa na confraternização do Governo

Os servidores do Palácio dos Despachos participaram na manhã desta sexta-feira, 16, de uma confraternização natalina organizada pela casa Civil da Governadoria. O governador Simão Jatene, acompanhado da primeira dama, Ana Jatene, esteve presente na cerimônia e deixou sua mensagem aos funcionários da sede do governo estadual. “Desejo que o espírito e o sentimento natalino que invadem nossos corações nesta época do ano permaneçam conosco pelo ano inteiro”.
O chefe do Executivo Estadual agradeceu o trabalho desenvolvido pelos servidores e afirmou que todos têm a missão e o desafio de fazer o melhor para atender bem a sociedade. “Quero agradecer pela colaboração de todos e reafirmar que ser servidor público é mais do que uma opção profissional e sim, uma opção de vida. Também quero reforçar e dizer que ninguém aqui é servidor do governador ou do governo. Todos nós somos servidores da sociedade”, enfatizou.
Após a mensagem do governador, o coral da Fundação Hemopa apresentou um repertório de canções natalinas. A atriz do Grupo Experiência, Nilza Maria, declamou o poema 'Espírito de Natal'. “Ah, se os homens compreendessem, o sentido real do Natal, se todos se amassem com igualdade, tivessem o amor, a caridade, o mundo não seria tão desigual”, dizia um trecho da obra. A cerimônia encerrou com um sorteio de brindes e um café da manhã para os servidores.

Foto:Coral do Hemopa com o governador Simão Jatene e a primeira dama, Ana jatene.

Hemopa faz Natal com distribuição de alimentos e presentes

A Fundação Hemopa comemora o significativo resultado da “IV Gincana Solidária” que arrecadou 3.708 itens de alimentos não perecíveis e 955 brinquedos novos que serão entregues na manhã desta terça-feira (20), a partir das 9h, durante festa de confraternização natalina no "Centrão" da paróquia de Santo Antônio, na rua São Miguel, no bairro do Jurunas. A ação superou o número de doações em 2010, quando foram doados 481 brinquedos e 2.409 produtos alimentícios que formaram 200 cestas básicas.
Os produtos foram arrecadados até esta sexta-feira, 16. A ação tem o objetivo de estimular maior integração entre funcionários e usuários dos serviços de saúde. Assim como nos anos anteriores, a gincana envolveu as gerências do hemocentro coordenador de Belém, que incentiva a disputa solidária entre as áreas Técnica e Administrativa. Este ano, as equipes vencedoras da área técnica foram: 1º lugar a Gerência de Processamento (Gepro) e no 2º lugar a Gerência de Hematologia (Gehem). Da área administrativa os vencedores foram: 1º lugar com o Núcleo da Qualidade (NQ) e no 2º lugar os funcionários Gerência de Finanças (Gefin).
Bastante satisfeita com o resultado da gincana, a presidente do Hemopa, Dra. Luciana Maradei agradeceu e parabenizou todos os envolvidos nessa disputa solidária. A programação conta com apresentação do coral do Hemopa; do funcionário e cantor Jorginho Gomez. A entrega dos brinquedos será feita pelo "bom velhinho" e as cestas básica por técnicos da Coordenadoria de Atendimento Ambulatorial (Coamb) “É muito gratificante saber que vamos fazer um Natal sem fome e com muita alegria para centenas de pacientes carentes atendidos pela instituição, e ainda, crianças das comunidades do “Paraíso Verde” e “Pantanal”, que o Hemopa atende dentro do programa de responsabilidade social.
Segundo a gerente do Serviço Social de Pacientes, a assistente social Cristina Socorro Mendes dos Santos, a festa de confraternização de hoje promete muitas surpresas e alegrias para todos que estiverem presentes. “Será uma manhã alegre e de pura integração. É um momento muito especial para todos nós que atuamos o ano inteiro junto aos usuários dos serviços de saúde. Desejamos um Feliz Natal para todos”.

Hemopa Castanhal confraterniza cm seus servidores

Na última sexta-feira, 16, os funcionários do Hemocentro Regional de Castanhal participaram da confraternização natalina que também reuniu servidores aposentados e licenciados. A festa contou com a participação maciça dos colegas de trabalho.
Neste Natal
Para a gerente da unidade, dra. Sandra Lobato, a magia tomou conta da “família hemopiana”. “A festa foi contagiante. Agradeço a presença de todos”

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

População de Santa Luzia supera meta de cadastro de doadores de medula



O Hemonúcleo do município de Capanema (Henca) realizou campanha para cadastramento de doadores de medula óssea no último dia 06, de 8h às 16h, na localidade de Santa Luzia do Pará, a 47 Km de Capanema, que resultou em 304 novas inscrições, superando a meta de 150 cadastros.
Segundo a assistente social da unidade Luiza Helena Santana, a ação estratégica contou com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde daquela localidade. Antecedendo a campanha, técnicos do Henca desenvolveram atividade de sensibilização com realização de palestras e orientações, reforçando que o cadastro não pode ser direcionado a um único paciente. “As informações obtidas com o resultado do exame no sangue coletado passarão a fazer parte de um banco de dados para identificar pacientes compatíveis em qualquer lugar do Brasi”, explicou, informando que a tipagem da medula óssea é enviada ao Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome), que fica na sede do Instituto do Câncer (Inca), no Rio de Janeiro, e é consultado por pacientes com indicação para transplantes.
Para ela, o número de cadastros efetivados na campanha é bastante significativo e aumenta as chances de encontrar possíveis doadores. A ação aconteceu nas instalações do Centro Paroquial de Santa Luzia do Pará. A equipe do Hemopa de Capanema foi composta pelos técnicos em Enfermagem Katiuscia Batista e Gilvan Moreira; a assistente administrativo Deisiane Mesquita e pela a assistente social Luiza Helena . A mobilização ainda contou com o o apoio de aproximadamente dez pessoas do município.
Desde 2002, a Fundação Hemopa é referência para o cadastramento de candidatos à doação de medula óssea no Estado do Pará. Até hoje já foram enviados mais de 90 mil cadastros ao Redome, que possui atualmente mais de 2 milhões e 500 mil doadores inscritos.
O Henca espera por você na Br 308, Km zero, S/N (próximo ao Corpo de Bombeiros). Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, das 07:00h às 12:30h.Mais informações: 3462-2744 /2329 – E-MAIL capanema@hemopa.pa.gov.br.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Recital e auto de Natal

“Desejo paz, harmonia e muita saúde para todos”. O sentimento é de dona Nilza Moaraes, 76 anos, mãe da servidora Ana Flávia Guerreiro, que está participando da “Feirinha de Artesanato” do Hemopa. Ação faz parte da programação de confraternização do hemocentro que vai até amanhã, 16. A comercialização dos produtos é de 8h às 15h, e a participação é variada entre funcionários, pacientes e familiares.
Aposentada, a artesã, que já vendeu por muitos anos na Praça da República, hoje produz artesanato para passar o tempo, como hobby. Sempre que é possível ela participa das ações promovidas pelo Hemopa. A programação da confraternização é totalmente voltada para compartilhar com a sociedade esse momento de reflexão e união que remete o espírito natalino.
Às 10h de hoje, a Fundação recebeu a visita de quase 100 crianças, filhos e parentes de funcionários para o “Hemotour”. Eles conheceram as instalações do prédio acompanhados por técnicas do Serviço de Assistência à Saúde do Servidor (SASS). Logo em seguida, eles assistiram palestras interativas e vídeos sobre os serviços e produtos oferecidos pelo Hemopa, para saber da importância das atividades desempenhadas por seus respectivos parentes. A visita foi encerrada com distribuição de brindes e lanche.
Para a assistente social Maria de Lourdes Almeida, a ação é uma forma de maior integração com a família do servidor. “É muito gratificante sentir o interesse e orgulho de cada criança sobre as atividades de seus pais ou responsáveis”, ressaltou, afirmando que a ação fará parte da programação natalina da instituição.
Programação da confraternização
Dia 16, de 8h às 15, continuação da “Feirinha de Artesanato”, com produtos variados, inclusive, com enfeites natalinos criativos e com preços bem acessíveis. A partir das 19h, funcionários, doadores, pacientes, familiares e a sociedade em geral estão convidados para assistirem “I Recital do Hemopa, com apresentação do Coral do hemocentro; dos hospitais da Santa Casa, Gaspar Viana e da Fundação Carlos Gomes. Às 19h30, cerca de 20 servidores que se aposentaram em 2010 e 2011, receberão homenagem da instituição pela inestimável contribuição para a melhoria da saúde pública do Estado, com a prestação de seus serviços ao longo dos anos.
Logo em seguida, às 20h, haverá apresentação do “Auto de Natal” com peça teatral composta por funcionários do hemocentro. Tudo isso, na área de estacionamento do Hemopa.
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118.

“Desejo paz, harmonia e muita saúde para todos”. O sentimento é de dona Nilza Moaraes, 76 anos, mãe da servidora Ana Flávia Guerreiro, que está participando da “Feirinha de Artesanato” do Hemopa. Ação faz parte da programação de confraternização do hemocentro que vai até amanhã, 16. A comercialização dos produtos é de 8h às 15h, e a participação é variada entre funcionários, pacientes e familiares.
Aposentada, a artesã, que já vendeu por muitos anos na Praça da República, hoje produz artesanato para passar o tempo, como hobby. Sempre que é possível ela participa das ações promovidas pelo Hemopa. A programação da confraternização é totalmente voltada para compartilhar com a sociedade esse momento de reflexão e união que remete o espírito natalino.
Às 10h de hoje, a Fundação recebeu a visita de quase 100 crianças, filhos e parentes de funcionários para o “Hemotour”. Eles conheceram as instalações do prédio acompanhados por técnicas do Serviço de Assistência à Saúde do Servidor (SASS). Logo em seguida, eles assistiram palestras interativas e vídeos sobre os serviços e produtos oferecidos pelo Hemopa, para saber da importância das atividades desempenhadas por seus respectivos parentes. A visita foi encerrada com distribuição de brindes e lanche.
Para a assistente social Maria de Lourdes Almeida, a ação é uma forma de maior integração com a família do servidor. “É muito gratificante sentir o interesse e orgulho de cada criança sobre as atividades de seus pais ou responsáveis”, ressaltou, afirmando que a ação fará parte da programação natalina da instituição.
Programação da confraternização
Dia 16, de 8h às 15, continuação da “Feirinha de Artesanato”, com produtos variados, inclusive, com enfeites natalinos criativos e com preços bem acessíveis. A partir das 19h, funcionários, doadores, pacientes, familiares e a sociedade em geral estão convidados para assistirem “I Recital do Hemopa, com apresentação do Coral do hemocentro; dos hospitais da Santa Casa, Gaspar Viana e da Fundação Carlos Gomes. Às 19h30, cerca de 20 servidores que se aposentaram em 2010 e 2011, receberão homenagem da instituição pela inestimável contribuição para a melhoria da saúde pública do Estado, com a prestação de seus serviços ao longo dos anos.
Logo em seguida, às 20h, haverá apresentação do “Auto de Natal” com peça teatral composta por funcionários do hemocentro. Tudo isso, na área de estacionamento do Hemopa.
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Gincana atenderá centenas de pacientes

A Gerência de Serviço Social de Pacientes (Geses), da Fundação Hemopa, continua arrecadando alimentos não perecíveis e brinquedos novos doados por servidores do hemocentro. A ação faz parte da “IV Gincana Solidária” que deve atender cerca de 200 pacientes carentes atendidos pela instituição. Os produtos serão arrecadados até esta sexta-feira, 16. A ação tem o objetivo de provocar maior integração entre funcionários e usuários dos serviços de saúde.
Os produtos arrecadados serão entregues no próximo dia 20, por ocasião da festa de confraternização que será oferecida aos pacientes e familiares, na sede do hemocentro. Segundo a titular da Geses, a assistente social Cristina Socorro Mendes dos Santos, em 2010 foram doados 481 brinquedos e 2.409 produtos alimentícios que formaram 200 cestas básicas. Assim como nos anos anteriores, a gincana envolve as gerências do hemocentro coordenador de Belém, que incentiva a disputa solidária entre as áreas Técnica e Administrativa. Elas terão o desafio de atingir a meta para compor 200 cestas básicas e arrecadar 500 brinquedos, respectivamente.
Além da felicidade dos usuários atendidos pela gincana, os funcionários dos setores vencedores dos primeiro e segundo lugares, terão direito a duas folgas negociadas com a chefia imediata.
Em 2010, as equipes vencedoras da Área Técnica,com arrecadação de alimentos foram: 1º lugar com a Gerência de Processamento de Sangue (Gepro). O segundo ficou com a Gerência de Hematologia (Gehem).
No quesito arrecadação de brinquedos, o primeiro lugar foi conquistado pela Assessoria de Contas Médicas (Astec) e o segundo ficou com a Assessoria de Imprensa (Assimp).
Cristina Socorro não descarta a doação de pessoas da sociedade civil organizada. “Aceitamos a colaboração de todos para que possamos fazer um Natal sem fome e com muita alegria às crianças”, ressaltou, informando que interessados podem fazer suas doações até a próxima sexta-feira, de 8h às 14h, na sala da Geses, no andar térreo do Hemocentro.
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Mais informações: 08002808118.

Foto 1- Funcionárias da área Técnica fazendo doação de alimentos. Foto 2- Apimentos sendo arrecadados pela Geses.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Hemopa otimiza doação de componentes e amplia atendimento

Desde outubro, o Hemocentro do Pará aperfeiçoou os métodos de produção de plaquetas e outros componentes sanguíneos com a implantação de um novo sistema que separa do sangue cada elemento e o prepara para a transfusão. O novo processo é conhecido por Top and Bottom (TAB) e utiliza máquinas e meios que permitem o processamento do sangue, produzindo bolsas específicas com cada componente sanguíneo (plaquetas, hemácias, leucócitos etc), que serão destinadas para os hospitais de acordo com a necessidade dos pacientes. Com este novo método, somados aos outros que já eram aplicados, o Hemopa reduziu os custos operacionais e aumentou em 30% a disponibilidade deste material para a transfusão em todo o Estado.
O consultor de hemoterapia do Hemopa, Ricardo Omoto, explica que o TAB foi um grande passo para o desenvolvimento da metodologia de obtenção de componentes sanguíneos. “Neste método, a separação de componentes é muito rápida. Com um técnico, uma centrífuga e seis equipamentos conseguimos separar em bolsas diferentes os componentes sanguíneos rapidamente e em grande quantidade”, assegura o consultor, que destaca que o aperfeiçoamento resultou também na redução de custos e a ampliação da produção.
Entre os outros métodos utilizados para a obtenção dos componentes sanguíneos está a Aférese, que utiliza uma máquina semelhante a da hemodiálise. “É um procedimento demorado, e por isso dependemos da disponibilidade do doador. Todo o processo também custa mais caro, por conta de todo o material utilizado”, explica Omoto. Na Aférese, o doador é conectado à máquina, que retira o componente necessário do sangue, devolvendo-o ao paciente no final do processo.
A diferença entre os processos é que na Aférese o hemocentro consegue uma bolsa para a transfusão em uma única doação. Por meio do TAB, são necessárias de 4 a 5 bolsas de sangue do mesmo grupo sanguíneo para se obter uma bolsa de qualquer componente. “No TAB fazemos uma junção de várias bolsas de sangue do mesmo grupo sanguíneo. Isto não gera incompatibilidade no paciente, mas há casos de pacientes que só recebem transfusão de material recolhido por Aférese”, esclarece Ricardo Omoto.
A doação seletiva faz parte do trabalho do Hemopa. É um atendimento específico, mas os mesmos doadores de sangue contribuem para este trabalho. O consultor destaca que há doadores que ajudam o hemocentro a obter os materiais específicos do sangue e também os que doam especificamente cada componente. Estes últimos passam pelo método da Aférese.
Para doar sangue, o candidato deve estar com boa saúde; ter idade entre 16 (completos) até 67 anos e peso acima de 50 kg. É necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três. O doador deve estar bem alimentado.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Gincana solidária para um Natal mais feliz.

Foi dada a largada para a “IV Gincana Solidária” da Fundação Hemopa para arrecadação de alimentos não perecíveis e brinquedos novos para pacientes carentes atendidos pela instituição. Ano passado a instituição arrecadou 481 brinquedos e 2.409 produtos alimentícios que compuseram 200 cestas básicas. Este ano, as doações dos funcionários serão colhidas até o dia 16 de dezembro. A ação tem a finalidade de promover maior integração entre servidores e usuários dos serviços de saúde.
Coordenada pela Gerência do Serviço Social de Pacientes (Geses), a gincana envolve a participação das gerências do hemocentro coordenador de Belém, que incentiva a disputa solidária entre das áreas Técnica e Administrativa, que terão o desafio de atingir a meta de formação de 200 cestas básicas e arrecadação de 500 brinquedos, respectivamente.
Além da felicidade dos usuários atendidos pela gincana, os funcionários dos setores vencedores dos primeiro e segundo lugares, terão direito a duas folgas negociadas com a chefia imediata.
Em 2010, as equipes vencedoras da Área Técnica,com arrecadação de alimentos foram: 1º lugar com a Gerência de Processamento de Sangue (Gepro). O segundo ficou com a Gerência de Hematologia (Gehem).
No quesito arrecadação de brinquedos, o primeiro lugar foi conquistado pela Assessoria de Contas Médicas (Astec) e o segundo ficou com a Assessoria de Imprensa (Assimp).

Estudantes de Farmácia visitam Hemopa


No dia 18 de novembro, os alunos do curso de Farmácia, do Centro Universitário do Pará (CESUPA), conheceram as instações da Fundação Hemopa com realização do "Hemotur". Os alunos estiveram acompanhados pela farmacêutica bioquímica, Márcia Basílio, que é gerente da Imunologia Eritrocitária do Hemopa. A visita faz parte da disciplina Estágio Supervisionado, com objetivo de observar a atuação do farmacêutico bioquímico em Banco de Sangue, além do desenvolvimento desse profissional em suas atividades, com enfoque no ciclo logístico da assistência farmacêutica e medicamentosa, análises clínicas e toxicológicas.

Workshop sobre transfusão

A Fundação Hemopa tem o prazer de convidá-lo (a) a participar de workshop em "Transfusão de Hemocomponentes produzido pela metodologia de Pool de Buffy Coat", no próximo dia 06/12, a partir das 18h30, no Hotel Hilton Belém-Salão Comandante. O evento terá com palestrante, o médico Ricardo Omoto.

Hemopa em homenagem aos bombeiros

No dia 25/11, data comemorativa ao Dia do Bombeiro, a titular da Assessoria de Gestão de Pessoas (Agesp), a assistente social Gisele Miranda, que esteve a acompanhada da agente administrativo, Débora Lima, representou a presidente da Fundação Hemopa, dra. Luciana Maradei, na solenidade em homenagem aos Bombeiros, que contou com a presença do governador do estado, Simão Jatene.

Hemopa confraterniza com a comunidade

A Fundação Hemopa convida a sociedade em geral para programação da festa de confraternização do Natal que será realizada de 14 a 16/12, que contará com programação variada para proporcionar momentos de integração e reflexão para funcionários e a comunidade em geral.
De acordo com a programação, nos dias 15 e 16, haverá “Feirinha de Artesanato”, com acessórios produzidos por funcionários e familiares que participaram de oficinas promovidas pelo hemocentro, durante este ano. A comercialização dos produtos será de 8h às 15h, na área de estacionamento do Hemocentro.
No dia 15, às 10h, está programado visita de filhos de servidores às instalações do hemocentro, palestra interativa e atividades dinâmicas com as crianças que também terão a oportunidade de conhecer melhor as atividades de seus pais e a sua importância para o êxito das ações da instituição.
No dia 16, a partir das 19h, funcionários, doadores, pacientes, familiares e a sociedade em geral estão convidados para assistirem “I Recital do Hemopa”. Às 19h30, cerca de 20 servidores que se aposentaram em 2010 e 2011, receberão homenagem da instituição pela inestimável contribuição para a melhoria da saúde pública do Estado, com a prestação de seus serviços ao longo dos anos.
Logo em seguida, às 20h, haverá apresentação do “Auto de Natal” com peça teatral composta por funcionários do hemocentro. Tudo isso, na área de estacionamento do Hemopa.
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118

Processo seletivo para mestrado

O Núcleo de Ensino e Pesquisa (Nepes) informa a realização de processo seletivo para admissão de médicos residentes, em 2012. Haverá ainda seleção para mestrado nas áreas de concentração (Agentes Infecciosos e Parasitários; Epidemiologia de Controle de Agentes Infecciosos).
Para concorrer vaga ao mestrado, a linha de pesquisa será voltada virologia, bacteriologia, protozoologia animal e humana, micologia, parasitologia, entre outras.Período de inscrição: até o dia 16/12. Prova escrita: 10/01/2012. Mais informações: www.baip.ufpa.br.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Campanha da Fundação Hemopa tem recorde de doações de sangue


Agência Pará de Notícias
Atualizado em 28/11/2011

O Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) comemora o comparecimento de mais de 3.200 doadores de sangue aos posto de atendimento, da capital e do interior, tornando a campanha nacional para captação de sangue um recorde no Estado. A maior participação de voluntários ocorreu no período de 21 a 26 deste mês, período em que se comemorou o Dia Nacional do Doador de Sangue.
De acordo com a gerente de triagem de doadores da Fundação Hemopa, Dra. Paula Amarantes, das 3.260 pessoas sensibilizadas durante este período, 2.782 puderam doar efetivamente e, ainda assim, o número foi satisfatório para o banco de sangue da Fundação, superando as expectativas. “Esperávamos cerca de 300 doações por dia, mas este número foi bem maior. Chegamos numa média de 460 doações/dia e este recorde se deu, principalmente, pela divulgação nos veículos de comunicação que possibilitaram o aumento pela procura dos doadores”, garantiu Amarantes.
A mobilização foi realizada simultaneamente nos Hemocentros Regionais de Castanhal, Marabá e Santarém; e nos Hemonúcleos de Abaetetuba, Altamira, Tucuruí, Redenção e Capanema e beneficiou centenas de pacientes que precisam de atendimentos de urgência e emergência nos mais de 200 hospitais do Pará.
Foi o caso de Antonino Loureiro Portal, de 50 anos, que recentemente, durante um exame de rotina, recebeu a notícia de que estava com as taxas de hemoglobinas baixas e precisaria fazer uma transfusão de sangue, caso contrário, correria riscos de morte. Imediatamente sua irmã, Jaira Portal Matos, 55, buscou o banco de sangue da Fundação Hemopa e deu entrada nos procedimentos. Ainda debilitado, Antonino não pode conversar, mas sua irmã confessou não saber (até o momento em que precisou) a importância da doação de sangue. “Hoje me tornei uma voluntária. Não imaginava a importância do banco de sangue e acredito que temos que nos unir cada vez mais para fortalecer esta linda campanha. Agradeço a todas as pessoas que doaram sangue”, comemorou a dona de casa.
Para doar sangue o candidato deve estar com boa saúde; ter idade entre 16 anos completos até 67 e peso acima de 50 kg. É necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. O doador deve estar bem alimentado.

Quem pode fazer cadastro de doação de medula óssea: Homem ou mulher saudáveis e com faixa etária de 18 a 55 anos. Necessário portar documento de identidade original e com foto.
Serviço:
O Hemopa funciona na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118.
Cora Coralina - Secom

Hemopa de Castanhal comemora 26 anos

Segundo hemocentro a inaugurado no Brasil, no dia 02 de agosto de 1978, a Fundação Hemopa foi o pioneiro na interiorização dos serviços de hemoterapia e hematologia no país ao implantar o Hemocentro Regional de Castanhal, que no último dia 25/11, comemorou 26 anos de atendimento especializado e de qualidade aos usuários cidadãos castanhalenses e à população de mais municípios do Nordeste paraense.
Para comemorar o aniversário, a diretora da unidade, dra. Sandra Lobato, informou duas novidades à população com a instalação dois modernos sofwares, o NEOVITA para realização de cadastros de candidatos a medula óssea e o LABMASTER, que permite a emissão online de exames de pacientes hematológicos, agilizando o diagnóstico e tratamento dos pacientes. “Nos preocupamos em manter atendimento eficiente, eficaz e com qualidade contínua aos nossos usuários”, ressaltou a médica.
Com uma média anual de 4.800 atendimentos transfusionais, o Hemopa Castanhal coordena as ações do Núcleo de Hemoterapia de Capanema e das Agências Transfusionais de Paragominas, Tomé-Açu, Salinas e Bragança, que corresponde a uma média de 314 coletas/mês. Das doações efetivadas no primeiro semestre deste ano, 2.412 foram de natureza espontânea e 976 do sexo feminino.
“Agradecemos todos os doadores da região pela solidariedade e amor ao próximo. À população garantimos produtos seguro e de qualidade”, afirmou Sandra Lobato.
O Hemopa Castanhal espera por você para coleta de sangue de 7h às 13h, de segunda a sexta-feira, na Travessa Floriano Peixoto, Alameda Rita de Cássia, Conj. Maria Alice, casa B-2 e B-3. Fone: (91) 3721.2986 / 3721.4008

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Doadores lotam sede do Hemopa



Nesta sexta-feira, 25, a Fundação Hemopa comemora o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, com significativo saldo parcial de 2009 comparecimentos e 1.730 coletas nos dias 21, 22, 23 e 24, superando a previsão de 300 doações/dia. O secretário de Estado de Saúde Pública do Pará, dr. Hélio Franco, representou o governador Simão Jatene, durante homenagem aos doadores do estado. Até às 13h de hoje, mais 625 voluntários compareceram na sede do hemocentro.
Durante os parabéns, na área de estacionamento do hemocentro, o doador Rubens Felipe Cunha, que já efetuou 52 doações, recebeu a primeira fatia do bolo do secretário, em nome dos demais doadores do Pará e do Brasil. Com suas doações, ele já ajudou 208 pacientes adultos ou até 416 crianças, tendo em vista o fracionamento da bolsa de sangue total em hemocomponentes.
Em meio ao grande movimento da campanha, a estudante de enfermagem Juliana Pereira Pinto Cordeiro, 34, doou sangue acompanhada do filho Flávio de Lima Cordeiro, 19 anos. “Aceitei o convite da minha mãe e superei o medo da coleta. Se todas as famílias se reunissem para esse gesto de caridade o mundo seria bem melhor”, ressaltou,
A adolescente Adriane Caroline Santos da Silva, 17 anos, aproveitou a campanha para realizar um antigo sonho: doar sangue, que só foi possível graças a Portaria nº 1.353, do Ministério da Saúde (MS), publicada em junho deste ano, que ampliou a faixa etária para candidatos à doação de 16 a 67 anos. “Estou estudando para ser médica e ajudar as pessoas. Enquanto isso, ajudo com a doação de sangue”, comentou.
Para agilizar o atendimento, o Hemopa disponibilizou mais 10 cadeiras de coletas para agilizar o atendimento, transformando todo o andar térreo em uma grande sala de coleta. O atendimento médico à pacientes funcionou em caráter de urgência no prédio anexo, de 7h às 18h.
Atualmente, 1.9% dos brasileiros doa sangue regularmente. No Pará a média é de 1.7%. O percentual atende a meta estabelecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que varia entre 1% a 3% da população. No entanto, a necessidade de aumentar o número de bolsas coletadas cresce a cada ano. As 3,5 milhões de doações por ano no Brasil já não são suficientes para suprir a demanda, por exemplo, dos transplantes de órgãos. O ideal é atingir a 5,7 milhões anuais.
“Nosso banco precisa do seu depósito. Invista na Vida”. É o slogan da mobilização em homenagem ao doador de sangue que está acontecendo em mais oito municípios paraenses, que se estenderá até dia 26.
Muitas atrações durante todo o dia de hoje: apresentação de artistas locais, da Equipe Bio, “Grupo Rock na Veia”, grupos de dança, Coral do Hemopa. Tudo isso para agradecer você, doador de sangue!
Quem pode doar sangue: candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos. Peso acima de 50 kg . Necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. O doador deve estar bem alimentado.
Quem pode fazer cadastro de doação de medula óssea: Homem ou mulher saudáveis e com faixa etária de 18 a 55 anos. Necessário portar documento de identidade original e com foto
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118

Mensagem do secretário de Saúde.


“Em nome de todos que trabalham pela Saúde no Estado e, em especial, em nome de todos os pacientes e familiares beneficiados com hemoderivados, queremos manifestar nosso apreço, gratidão, respeito e admiração para com aqueles verdadeiros heróis que, literalmente, deram sangue a seus semelhantes. E quando falamos em beneficiado, vale ressaltar que mesmo quem não precisou de reposição de algum hemocomponentes também, foi beneficiado. Afinal alguns procedimentos não devem ser realizados caso não haja a garantia do hemocomponente no local do procedimento.
Consideramos a doação de sangue uma das mais belas atitudes de solidariedade humana. Jesus deu seu sangue para salvar a humanidade dos pecados. Por que também não doamos alguns mililitros para salvar vidas?Finalmente, conclamamos a quem puder, que seja também um doador, ou que não podendo doar, que estimule e sensibilize outros a fazerem”.

Secretário de Estado de saúde do Pará, dr.Hélio Franco

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Hemopa Capanema homenageia doador e comemora 6 anos de fundação.


A campanha comemorativa ao doador de sangue, promovida pela Hemonúclo de Capanema ,tem saldo parcial de 122 coletas. A ação estratégica prosseguirá até o final deste mês. Fazendo parte da programação, ontem (23), a unidade recebeu visita da imagem peregrina da santa padroeira da cidade, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, para abençoar os doadores, funcionários e as instalações do prédio. Houve leitura do Evangelho, orações e reflexões sobre a solidariedade e o amor ao próximo, atitudes e sentimentos presentes no voluntariado.
“Nosso banco precisa do seu depósito. Doe sangue e invista na vida”.É o tema da mobilização que está sendo realizada em todas as unidades do Hemopa, na capital e interior do estado. Durante a ação, o Hemopa de Capanema vem recebendo coletas de doadores do município e região. Os funcionários também têm dado exemplo de generosidade. As servidoras Deisiane da Silva Mesquita, do administrativo; e a técnica em Enfermagem Katiuscia Batista de Souza, que são doadoras fidelizadas, contribuíram para a campanha com suas doações. Elas fazem da "Equipe HENCA de Captação".
Mas, outras histórias de solidariedade também fazem parte do Henca. É o caso do de Edson Pereira Lima, vigilante, que foi salvo por uma transfusão de sangue, ao sofrer um grave acidente com arma de fogo no exercício de sua profissão. "A doação de sangue salvou a minha vida. Foi uma pessoa que eu nunca vou conhecer. Por isso eu agradeço a ela e a todos os doadores de sangue”, destacou, revelando esse ser o motivo de também ter se transformado em um doador. “O trabalho do Hemopa é muito importante, pois se eu não fosse atendido rapidamente, hoje não estaria aqui”, enfatizou, agradecido.
A programação de amanhã (25), a partir das 8h, haverá dupla comemoração: Dia Nacional do Doador de Sangue e aniversário de seis anos do Hemopa Capanema, completado no último dia 19. A homenagem começa com ação ecumênica, seguida de café da manhã para doadores, parceiros, colaboradores e servidores. Durante o dia, ainda haverá outras homenagens para representantes de instituições parceiras, doadores fidelizados e Agentes Comunitários de Saúde (ACS,) do programa Agente da Doação. Tudo isso na sede do Henca.
A programação será encerada dia, com evento de 8h às 12h, com desenvolvimento de ação de Ação de Cidadania 4º CRS/SESPA,com oferta de serviços em saúde.
O Hemopa Capanema espera por você, de 2ª a 6ª feira, das 7h às 12h30, na Rodovia PA-242, Km 0, S/N. Bairro: São Cristóvão
Fone: (91) 3462.2744/2329.




Foto 1-Grupo de doadores voluntários participa da campanha.Foto 2- servidora Katiuscia dando exemplo de solidariedade.Foto 3- Paciente salvo se transforma em doador.

Cheque Moradia

A Secretaria de Estado de saúde do Pará (Sespa) informa que dará início ao cadastro do Programa Cheque Moradia para os servidores da Secretaria, mas somente aos que trabalham e residem em Belém e Região Metropolitana. O cadastro será realizado no período de 05 a 09/12/2011, no Nível Central (Rua Presidente Pernambuco, 489), somente para os servidores que nunca foram beneficiados. Os documentos que devem ser apresentados: comprovantes de renda, comprovante de residência, comprovante do imóvel, CPF e carteira de identidade.

Hemopa tem representante no X Servifest

Nesta sexta-feira (25), a Fundação Hemopa tem um forte concorrente que participará do “X SERVIFEST” promovido pelo Governo do Estado nos dias 25, 26 e 27, no teatro Margarida Shivasappa, no centur, a partir das 16h. Trata-se do servidor Jorge Gomez, que faz parte da equipe da Gerência de Tecnologia da Informação (Getin), que concorrerá com a canção “TERRA DESUNIDA”, que fala sobre os conflitos de terra na Amazônia.
Ele conta com o apoio dos colegas de trabalho para torcida nesta sexta-feira. Os ingressos já estão disponíveis na sede da escola de governo, das 9h às 17h. São dois ingressos por servidor que deve comprovar o vínculo com o Governo do estado.
Com larga experiência no mercado, recentemente, ele foi um dos finalistas do III Festival de Música Paraense com a canção, do Grupo Rede Brasil Amazônia (RBA) ao defender a música “NÃO ESQUECE DO MEU TAMBOR”, um carimbó-funk que alerta nosso povo sobre a valorização do carimbó
Após passar por várias bandas de nosso estado, Jorginho Gomez, hoje, está em carreira solo, utilizando a experiência adquirida em shows pela região Norte e em grandes eventos sociais, somando a sua faceta de compositor. Com uma proposta dançante, versátil e inovadora, que mistura elementos da música eletrônica com ritmos do nosso estado e sucessos nacionais, vem conseguindo destaque no cenário local.
Mas antes disso tudo, Jorginho começou sua carreira como cavaquinhista de um grupo de samba, intitulado Astral do Samba. Com ânsia perfeccionista, Jorginho aprimorou suas técnicas de canto e começou a compor canções de diversos estilos musicais, devido a isso montou, com alguns remanescentes do antigo grupo a BANDA ASTRAL. Com a experiência adquirida à frente da BANDA ASTRAL, ele ganhou destaque na classe musical, recebendo convites para integrar grandes bandas do nosso estado, entre elas, “ QUERO MAIS, KANAXÊ” e “TECNO SHOW”. inclusive participando da gravação do 1º DVD ao lado de Gaby Amarantos.
Depois disso reuniu músicos amigos e montou a banda VIA NORTE, que depois mudou o nome para MOVIN’ ON, destacando-se nas noites de Belém. Após essa experiência, ele ingressou na banda MAKING OFF, e logo depois recebeu o convite para fazer parte do Projeto FRUTA QUENTE ELÉTRICO.
Mais informações: 8131-8514 / 8701-9580.Visite:www.jorginhogomez.com.br/www.palcomp3.com/jorginhogomez/www.youtube.com/jorginhogomez.

Hemopa comemora saldo de doações e celebra missa.

A Fundação Hemopa compartilha com a sociedade em geral a comemoração de 1.445 comparecimentos e 1.227 coletas nos três primeiros dias da campanha (21, 22 e23), superando a previsão de 300 doações/dia. “Nosso banco precisa do seu depósito. Invista na Vida”. É o slogan da mobilização em homenagem ao doador de sangue que está acontecendo em mais oito municípios paraenses, que se estenderá até dia 26.
Dando prosseguimento a semana comemorativa, nesta manhã quinta-feira (24), à 8h30, será celebrada Missa em Ação de Graças, seguido de “Café da Manhã”. A partir das 9h30, haverá apresentação do Coral do Hemopa, composto totalmente por servidores da instituição.
Nesta sexta-feira (25), no Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, o Hemopa transformará todo o andar térreo em uma grande sala de coleta de sangue para proporcionar melhor acesso, mais comodidade e agilidade no atendimento. Neste dia, o atendimento médico à pacientes funcionará excepcionalmente em caráter de urgência no prédio anexo, de 7h às 18h.
Muitas atrações para o dia 25: apresentação de artistas locais, da Equipe Bio, “Grupo Rock na Veia”, grupos de dança, Coral do Hemopa, bolo de parabéns e brincadeiras, para agradecer você, doador de sangue!
Quem pode doar sangue: candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos. Peso acima de 50 kg . Necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. O doador deve estar bem alimentado.
Quem pode fazer cadastro de doação de medula óssea: Homem ou mulher saudáveis e com faixa etária de 18 a 55 anos. Necessário portar documento de identidade original e com foto
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118


Foto 1: Festa do doador de sangue ano passando Foto 2: Professores da equipe Bio, prestigiaram o Dia Nacional do Doador voluntário de Sangue.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Instituições parceiras reforçam estoque de sangue





“Nosso banco precisa de seu depósito. Invista na vida. Doe sangue”. É o tema da campanha em homenagem ao doador de sangue que o Hemopa deu início ontem (21) e se estenderá até o próximo sábado (26). O primeiro dia de mobilização contabilizou 436 comparecimentos e 375 doações de sangue, superando a meta de 300 doações/dia.
A programação da semana comemorativa, hoje, contou com a realização de “Encontro com instituições parcerias na captação de doadores de sangue e de medula óssea”, que lotou o auditório da instituição, com a realização de palestras e relatos de experiências positivas de representantes de instituições parceiras. Os participantes foram recepcionados pela dra. Rosângela Monteiro, que no ato representou o secretário de Estado de Saúde do Pará (Sespa), dr.Hélio Franco, que está no município de Paragominas para o lançamento de programa de “Atenção primária à saúde”. Ela agradeceu a presença de todos a parabenizou a fidelidade das instituições parceiras com a causa da doação de sangue e de medula óssea.Logo em seguida, a médica leu mensagem de parabéns ao doador de sangue, enviada pelo secretário.
A presidente do hemocentro Luciana Maradei falou em seguida da importância de todos os parceiros para o sucesso das ações de saúde desenvolvidas pela instituição. A médica fez sua apresentação com demonstração de importantes resultados de campanhas promovidas com seus parceiros institucionais. De janeiro a outubro deste ano, ela mostrou que das 57.389 coletas efetivadas, 25% são oriundas de campanhas em parcerias, obtidas com 137 ações estratégicas que resultaram em uma média de 98 voluntários por ação. “O saldo é muito positivo. A vida agradece a todos vocês”
Ao final do evento, os participantes receberam “kit” com camiseta, boné e um DVD com vídeo educativo. Dando prosseguimento a semana comemorativa, dia 24, à 8h30, será celebrada Missa em Ação de Graças, seguido de “Café da Manhã”. A partir das 9h30, haverá apresentação do Coral do Hemopa, composto totalmente por servidores da instituição.
No dia 25, o Hemopa destinará seu atendimento exclusivamente aos antigos e novos doadores. Para tanto, todo o andar térreo estará transformado em uma grande sala de coleta de sangue para proporcionar melhor acesso, mais comodidade e agilidade na coleta de sangue, disponibilizando o espaço físico do paciente, bem como toda sua equipe de profissionais que também estará voltada ao propósito de atender da melhor forma possível esse convidado tão especial: o doador de sangue. Neste dia, o atendimento a doadores inaptos será estendido nos turnos da manhã e tarde. O atendimento médico à pacientes funcionará excepcionalmente em caráter de urgência no prédio anexo, de 7h às 18h.
Muitas atrações para o dia 25, entre elas: apresentação de artistas locais, dos professores da Equipe Bio, “Grupo Rock na Veia”, grupos de dança, Coral do Hemopa, bolo de parabéns, brincadeiras, apresentação de vídeos e muito mais.Tudo isso, para agradecer você, doador de sangue!
A ação estratégica está sendo realizada, paralelamente, nos hemocentros regionais de Marabá, Santarém e Castanhal; e nos Hemonúcleos de Abaetetuba,Altamira, Tucuruí, Redenção e Capanema.
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118 . Foto 1- Hemopa superando meta de coletas graças a solidariedade dos voluntários. Foto 2-Dra. Rosângela Monteiro parabeniza doadores em nome do secretário de Saúde. Foto3- Representantes de instituições parcerias lotam auditório.

Foto 1- Equipe Albras e direção do hemopa.Foto 2- PACS Amazônia I.Foto 3-PACS da Radional II. Representantes do projeto "Vida por Vidas", da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Doador festeja aniversário em campanha

“Nosso banco precisa de seu depósito. Invista na vida.Doe sangue”.É o tema da campanha em homenagem ao doador de sangue que o Hemopa deu início na manhã de hoje (21) e se estenderá até o próximo sábado (26).Até o momento, 15h30, 400 candidatos à doação efetivaram cadastramento. A ação estratégica está sendo realizada, paralelamente, nos hemocentros regionais de Marabá, Santarém e Castanhal; e nos Hemonúcleos de Abaetetuba,Altamira, Tucuruí, Redenção e Capanema.A meta da coleta na capital é de 300 doações/dia.
O doador de sangue Cleonaldo Reis dos Santos, que completará 45 anos nesta quarta-feira, 23, antecipou seu presente aos pacientes com doação de sangue, efetivada nesta manhã de segunda-feira, ao atender solicitação da Gerência de Captação de Doadores (Gecad), por ter sangue fenotipado para pacientes politransfundidos.
Com sangue O Positivo, Cleonaldo dos Santos já repetiu esse ato solidário 26 vezes, que significa atendimento de aproximadamente 104 pacientes adultos ou de até 208 crianças. Desse total de coletas, duas vezes foi de forma fenotipada, que é destinada para aqueles pacientes que necessitam de várias transfusões. Normalmente para pacientes portadores de Anemia Falciforme ou Anemias Hemolíticas. “O sangue fenotipado reduz riscos de reação transfusional dos pacientes politransfundidos”, explicou a médica Socorro Ferreira.
Para ele, a doação é um ato de humanidade. “Muitas pessoas se preocupam somente com o seu Eu e esquecem do Nós. Me sinto muito feliz em ajudar alguém”, afirmou, desejando parabéns para todos os demais doadores do Pará e do Brasil.
O grupo de comunicação Rede Brasil Amazônia (RBA), fez a abertura oficial da campanha, às 7h, com entrevista da diretora Técnica do hemocentro, dra. Socorro Ferreira, no programa “Cidade contra o crime”, do apresentador Luis Eduardo Anaice. Durante toda a manhã, a campanha contou com a participação de artistas locais: Banda Pop Show, Irreverência, Nossa História, Jorginho Gomez e Nosso Tom, que deram uma “palhinha” e mensagem de estímulo à doação de sangue. Toda a programação da Tv voltada para divulgação da campanha.A parceria, com a “ XI edição Especial RBA X Hemopa”, já resultou em 3.308 doações em 10 campanhas realizadas, que proporcionou atendimento de mais de 13 mil pacientes.
De 21 a 26, coleta de sangue e cadastro de doação de medula óssea com distribuição camiseta, cartão de agradecimento e preservativos . Dia 22, de 8h às 12h, será promovido “Encontro com as instituições parceiras na captação de doadores” com palestras, mesa-redonda e depoimentos de experiências positivas sobre a doação de sangue. Os participantes receberão DVD com vídeo educativo. Dia 24, à 8h30, será celebrada Missa em Ação de Graças, seguido de “Café da Manhã”. A partir das 9h30, haverá apresentação do Coral do Hemopa, composto totalmente por servidores da instituição.
No dia 25, o Hemopa destinará seu atendimento exclusivamente aos antigos e novos doadores. Para tanto, todo o andar térreo estará transformado em uma grande sala de coleta de sangue para proporcionar melhor acesso, mais comodidade e agilidade na coleta de sangue, disponibilizando o espaço físico do paciente, bem como toda sua equipe de profissionais que também estará voltada ao propósito de atender da melhor forma possível esse convidado tão especial: o doador de sangue. Neste dia, o atendimento a doadores inaptos será estendido nos turnos da manhã e tarde. O atendimento médico à pacientes funcionará excepcionalmente em caráter de urgência no prédio anexo, de 7h às 18h.
Durante todo esse dia, haverá muitas atrações, entretenimento com apresentação de artistas locais, dos professores da Equipe Bio, “Grupo Rock na Veia”, grupos de dança, Coral do Hemopa, bolo de parabéns, brincadeiras, apresentação de vídeos e muito mais.Tudo isso, para agradecer você, doador de sangue!
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118 .Foto 1- Cleonaldo festeja aniversário, doando sangue.Foto 2- Cadastro ágil para maior comodidade do candodato. Foto 3- Doadores atendem apelo de campanha.

Doador comemora aniversário doando sangue.

O doador de sangue Cleonaldo Reis dos Santos, que completará 45 anos nesta quarta-feira, 23, antecipou seu presente aos pacientes com doação de sangue, efetivada no sábado passado, 18, ao ser acionado pelo Serviço Social de Pacientes por ter sangue fenotipado para um paciente especifico.
Com sangue O Positivo, Cleonaldo dos Santos já repetiu esse ato solidário 26 vezes, que significa atendimento de aproximadamente 104 pacientes adultos ou de até 208 crianças. Desse total de coletas, duas vezes foi de forma fenotipada que é destinada para aqueles pacientes que necessitam de várias transfusões. Normalmente para pacientes portadores de Anemia Falciforme ou Anemias Hemolíticas. “O sangue fenotipado reduz riscos de reação transfusional daquele paciente politransfundido”, explicou a médica Socorro Ferreira.
Para ele, a doação é um ato de humanidade. “Muitas pessoas se preocupam somente com o seu Eu e esquecem do Nós. Me sinto muito feliz em ajudar alguém”, afirmou, desejando parabéns para todos os demais doadores do Pará e do Brasil.

sábado, 19 de novembro de 2011

Mulheres de Ananindeua doam sangue

Neste sábado, 19, a Fundação Hemopa recebeu doações voluntárias de sangue de aproximadamente 100 mulheres das Igrejas Universal, de Ananindeua. A iniciativa foi da presidente da Associação de Mulheres de Carreira Jurídica daquele município, Andréa Gil. Essa é a terceira campanha em parceria com o hemocentro para reforçar estoque de sangue para favorecer atendimento satisfatório da demanda transfusional da rede hospitalar.
A grande adesão ao movimento solidário surpreendeu Andréa Gil. “Muitas dessas voluntárias estão doando pela primeira. Havia muitos mitos e informações equivocadas sobre a doação de sangue”, comentou, informando que, antecedendo a campanha, houve um intenso trabalho de sensibilização para esclarecimento e estímulo a essa ato solidário.
Para ela, a doação de sangue é um ato de generosidade e exercício da cidadania. “Todos deveriam praticar”, sugeriu, sem esquecer de parabenizar todos os voluntários do estado Pará que serão alvo da campanha “Nosso banco precisa do seu depósito. Doe sangue e invista na vida”, que o hemocentro desenvolverá de 21 a 26 deste mês, com muitas atrações para agradecer essas pessoas que salvam vidas todos os dias.
Quem pode doar sangue: candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos. Peso acima de 50 kg . Necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. O doador deve estar bem alimentado.
Quem pode fazer cadastro de doação de medula óssea: Homem ou mulher saudáveis e com faixa etária de 18 a 55 anos. Necessário portar documento de identidade original e com foto.
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118 .

Foto 1- Andréa Gil (de listra) com doadoras de sangue.

Hemopa abre semana do doador

A partir desta segunda-feira, 21, até o dia 26, a Fundação Hemopa estará de portas abertas para parabenizar os doadores voluntários de sangue, que tem seu dia comemorado em 25 de novembro. “Nosso banco precisa do seu depósito. Doe sangue e invista na vida”. É o tema da campanha que deve coletar 300 bolsas/dia, para suprir estoque estratégico de sangue. A mobilização será realizada simultaneamente nos Hemocentros Regionais de Castanhal, Marabá e Santarém; e nos Hemonúcleos de Abaetetuba, Altamira, Tucuruí, Redenção e Capanema.
Durante toda a semana, a equipe de funcionários do Hemopa, pacientes e a sociedade em geral terão a oportunidade de dizer “Muito Obrigada por salvar vidas!”, para milhares de voluntários anônimos.
Este ano, a semana comemorativa ao doador de sangue, promovida pela Fundação Hemopa, de 21 a 26 deste mês, contará com abertura oficial do grupo de comunicação Rede Brasil Amazônia (RBA), a partir das 7h, na sede do hemocentro que receberá artistas locais e personalidades que formam opinião positiva sobre o tema. A mobilização contará com a realização da “XI edição Especial RBA X Hemopa”, que também envolverá a participação das rádios e jornal do grupo. A parceria já resultou em 3.308 doações em 10 campanhas realizadas que proporcionou atendimento de mais de 13 mil pacientes.
De acordo com a programação, de 21 a 26, será realizada a coleta de sangue e cadastro de doação de medula óssea com distribuição camiseta, cartão de agradecimento e preservativos . Dia 22, de 8h às 12h, será promovido “Encontro com as instituições parceiras na captação de doadores” com palestras, mesa-redonda e depoimentos de experiências positivas sobre a doação de sangue. Os participantes receberão DVD com vídeo educativo. Dia 24, à 8h30, será celebrada Missa em Ação de Graças, seguido de “Café da Manhã”. A partir das 9h30, haverá apresentação do Coral do Hemopa, composto totalmente por servidores da instituição.
No dia 25, quando o Brasil inteiro festeja o Dia Nacional do Doador de Sangue, o Hemopa destinará seu atendimento exclusivamente aos antigos e novos doadores. Para tanto, todo o andar térreo estará transformado em uma grande sala de coleta de sangue para proporcionar melhor acesso, mais comodidade e agilidade na coleta de sangue, disponibilizando o espaço físico do paciente, bem como toda sua equipe de profissionais que também estará voltada ao propósito de atender da melhor forma possível esse convidado tão especial: o doador de sangue. Neste dia, o atendimento a doadores inaptos será estendido nos turnos da manhã e tarde. O atendimento médico à pacientes funcionará excepcionalmente em caráter de urgência no prédio anexo, de 7h às 18h.
Durante todo esse dia, haverá muitas atrações, entretenimento com apresentação de artistas locais, dos professores da Equipe Bio, “Grupo Rock na Veia”, grupos de dança, Coral do Hemopa, bolo de parabéns, brincadeiras, apresentação de vídeos e muito mais.Tudo isso, para agradecer você, doador de sangue!
Para Juciara Farias, tão importante quanto a doação de sangue é a repetição desse gesto humanitário que se multiplica na vida de cada paciente. “Todos os dias devemos festejar o voluntariado da doação em suas diversas formas”, destacou, convidando a população potencialmente doadora a aderir a campanha.
Quem pode doar sangue: candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos. Peso acima de 50 kg . Necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas: Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três meses. O doador deve estar bem alimentado.
Quem pode fazer cadastro de doação de medula óssea: Homem ou mulher saudáveis e com faixa etária de 18 a 55 anos. Necessário portar documento de identidade original e com foto.
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Pe. Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados de 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 08002808118